Cerca

Vatican News
Os 'corredores humanitários' da Comunidade trouxeram à Itália quase 1000 refugiados sírios Os 'corredores humanitários' da Comunidade trouxeram à Itália quase 1000 refugiados sírios 

Almoço de Natal para 200 mil amigos de S. Egídio no mundo

A Comunidade que promove 'corredores humanitários' para o ingresso de refugiados na Itália realiza há 35 anos almoços de Natal para pobres nos continentes do Sul do mundo.

Cristiane Murray - Roma

Do tradicional almoço romano na Basílica de Santa Maria em Trastevere participaram segunda-feira (25/12) centenas de pessoas em outras cidades italianas e milhares  na Ásia, África e América Latina: sem-teto, idosos, imigrantes, detentos e crianças de rua das periferias das do Sul do mundo.

Estima-se que na Itália cerca de 60 mil pessoas já participaram destes encontros. Os convidados são os amigos da Comunidade, gente pobre, ajudados durante todo o ano. Nos almoços, se misturam ajudantes e ajudados. E não só nas igrejas, mas também em 55 cárceres italianos o evento se repete.

Os almoços de Natal de Santo Egídio se realizam com a ajuda de benfeitores e simbolizam uma mensagem de paz e solidariedade contra toda divisão e indiferença. Ao longo dos anos, têm despertado em muitos a generosidade e a vontade de ajudar os mais pobres. 

 

26 dezembro 2017, 10:35