Busca

Vatican News
D. Hassa Florent Koné, Bispo de San (Mali) D. Hassa Florent Koné, Bispo de San (Mali) 

Mali. Dom Florent, Bispo de San, aposta na fraternidade e no diálogo inter-religioso

O novo Bispo da diocese de San (Mali), D. Hassa Florent Koné, cuja ordenação episcopal ocorreu no último sábado, 8 de janeiro, na Catedral de Nossa Senhora de Lourdes, coloca o seu episcopado sob o signo da fraternidade e do diálogo inter-religioso.

Françoise Niamien – Cidade do Vaticano

A ordenação episcopal de Dom Hassa Florent Koné teve lugar na Catedral de Nossa Senhora de Lourdes, numa celebração presidida pelo Arcebispo de Bamako, Cardeal Jean Zerbo. Dom Florent Koné foi nomeado como Bispo da diocese de San pelo Papa Francisco no passado dia 7 de outubro de 2021, depois da morte do seu antecessor, D. Jean Gabriel Diarra, em outubro de 2019.

A homilia desta missa de ordenação episcopal foi pronunciada por D. Jonas Dembélé, Bispo de Kayes, que convidou sacerdotes, religiosas, religiosos, catequistas, leigos e fiéis em geral da diocese a rezar pelo seu novo pastor. “Um bispo não é alguém superior, distante; ele é antes de tudo como vós, um ser humano, um cristão; como vós, ele precisa de misericórdia (…), precisa da oração dos irmãos e das irmãs”, explicou o prelado.

E, dirigindo-se ao eleito do dia, D. Dembélé recordou-lhe a missão do Bispo: "Senhor Bispo, a sua missão é preservar esta comunhão católica, em comunhão com o sucessor do Apóstolo Pedro, para o serviço de todos os fiéis de Cristo. Sabe muito bem que o episcopado não é uma honra, mas uma missão a cumprir e a primeira dentre elas consiste em ser útil ao seu povo”.

O novo Bispo de San espera realizar a sua missão tendo em conta o contexto actual do seu País, o Mali, onde, confidencia, “estão a crescer o terrorismo e o fundamentalismo religioso; e onde se estão a desmoronar valores como a fraternidade, a solidariedade e o sentido de hospitalidade”.

Todos irmãos

Perante tal situação “a minha missão será de fazer compreender aos filhos e filhas de San que somos todos irmãos e, por isso, somos chamados a trabalhar juntos para o bem da nossa diocese e, sobretudo, para a promoção do diálogo entre todas as religiões num País em que mais de 90% são muçulmanos”.

Um desejo que justifica a escolha do lema episcopal de Dom Koné: "Vós sois todos irmãos e irmãs", inspirado na encíclica Fratelli tutti do Papa Francisco sobre a fraternidade e a amizade social, no contexto social do Mali.

O novo Bispo de San também espera trabalhar no desenvolvimento do respeito recíproco, independentemente da religião que se professa, segundo "a cultura dos nossos antepassados que não faziam diferenças".

Enfatizando o seu desejo de trabalhar para o diálogo inter-religioso, D. Florent Koné acredita que o conhecimento recíproco das religiões cristã e muçulmana facilitaria a convivência harmoniosa. “Parece-me importante promover a formação dos agentes de pastoral, e de desenvolver competências dentro da Igreja no sentido do conhecimento do Islão”. Para o Bispo de San, um conhecimento profundo do Islão pode ajudar para uma pastoral de proximidade.

Trabalhar para a autonomia financeira da diocese

Uma das prioridades de D. Florent Koné será de “trabalhar pela autonomia financeira da diocese, o que implica trabalhar juntos em unidade”. A diocese de San, situada numa zona rural, e sendo um campo do Senhor, a sua construção exige o envolvimento de todos os filhos e filhas de San, sublinhou D. Koné, acrescentando que com os caprichos climáticos, "não podemos confiar apenas na agricultura. Devemos ser capazes de criar outras fontes de rendimento”.

Distribuída por uma área de mais de 20.000 km2, a diocese de San, localizada a 423 km a noroeste de Bamako, capital do Mali, tem 8 paróquias, cerca de sessenta sacerdotes e trinta seminaristas. D. Hassa Florent Koné é o 3º Bispo da diocese, depois de D. Jean Gabriel Diarra (1988 a 2019) e de D. Joseph Perrot (1964 a 1988).

Oiça aqui a reportagem e partilhe
15 janeiro 2022, 11:03