Busca

Vatican News
Cabo Verde - antiga igreja, restaurada, na Cidade Velha - ilha de Santiago Cabo Verde - antiga igreja, restaurada, na Cidade Velha - ilha de Santiago  Rumo ao Sínodo

Cabo Verde: Dioceses do país começam a viver o Sínodo

Devido às eleições presidenciais no país no dia 17, a abertura do processo sinodal teve lugar no domingo 24, durante as eucaristias presididas respectivamente pelo Cardeal Dom Arlindo Furtado (na Diocese de Santiago) e por Dom Ildo Fortes, na Diocese de Mindelo.

Da Rádio Nova de Maria (Cabo Verde) para a Vaticannews

Devido às eleições presidenciais no país no dia 17, a abertura do processo sinodal aconteceu solenemente este Domingo 24, na Paróquia de São Lourenço dos Órgãos e na Paróquia de São João Baptista, no Porto Novo durante as eucaristias presididas pelo Bispo e Cardeal Dom Arlindo Furtado e Dom Ildo Fortes, respectivamente.

O processo sinodal convida os cristãos a um novo estilo de vida, a exemplo de Bartimeu advertiu o Bispo de Santiago, em crioulo durante a homilia.

Oiça

Na Diocese de Santiago a abertura do sínodo ficou marcada pelo jubileu dos 25 e 16 anos de três religiosas da Associação das Animadoras Missionárias das Comunidades Eclesiais de direito diocesano, e pelo compromisso de um grupo de 28 cooperadores missionários que receberam das mãos do Bispo, faixa, guião e terço.

Na Diocese de Mindelo, a abertura do processo sinodal aconteceu na paróquia de São João Baptista, Porto Novo com a participação de todas as outras seis paróquias da ilha de Santo Antão.

Para o Bispo de Mindelo, “este é o momento de viver um processo eclesial participativo e inclusivo, que ofereça a cada um de maneira particular àqueles que, por vários motivos, se encontram à margem a oportunidade de se expressar e de ser ouvido, a fim de contribuir para a construção do Povo de Deus”. O prelado sublinhou ainda a necessidade de reconhecer e apreciar a riqueza e a variedade dos dons e dos carismas que o Espírito concede em liberdade, para o bem da comunidade e em benefício de toda a família humana.

Dom Ildo Fortes precisou que “ninguém se salva sozinho, ou seja, é preciso estar juntos apoiando uns aos outros, caminhando de mãos dadas, e refletindo em conjunto sobre o caminho percorrido, com o que for experimentando, e abrir-se à missão”.

Dom Ildo Fortes presidiu dois dias antes a festa de São João Paulo II, patrono da paróquia com o mesmo nome que completou quatro anos da sua criação e abençoou o Centro Paroquial Multi-uso na Paróquia de Santo António das Pombas, no Paul.

As comunidades paroquiais vão agora implementar localmente, as dinâmicas sinodais e enviar as sínteses às respectivas dioceses.

 

26 outubro 2021, 17:35