Busca

Vatican News
Grupo de jovens com a Cruz das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) Grupo de jovens com a Cruz das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) 

Símbolos da JMJ não chegam à diocese de São Tomé por dificuldade de transporte

Os principais Símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora, não passarão em peregrinação por São Tomé e Príncipe por dificuldades das condições de transporte, informou o Bispoda Diocese, Dom Manuel António Mendes dos Santos.

Melba de Ceita – Rádio Jubilar, São Tomé e Príncipe

Tudo estava preparado para que durante este mês de junho houvesse a realização da peregrinação com os símbolos da Jornada Mundial da Juventude na diocese de São Tomé e Príncipe. Segundo o Bispo Dom Manuel não será possível realizar a peregrinação, e a razão pela qual isto acontece é a falta de condições.

Dom Manuel António dos Santos garantiu, contudo, que em substituição da peregrinação será realizada uma preparação formativa e espiritual para os jovens que irão representar a Diocese São-tomense na Jornada Mundial da Juventude na Capital portuguesa, Lisboa, em 2023.

Recorde-se que a XXXVIII Jornada Mundial da Juventude será realizada em Lisboa, Portugal, em agosto de 2023. Inicialmente programada para 2022, conforme havia anunciado o Papa Francisco em 27 de janeiro de 2019 no Panamá, foi adiada para o ano seguinte devido à emergência da pandemia da Covid-19.

Oiça aquia reportagem e partilhe
14 junho 2021, 15:31