Busca

Vatican News
D. Antonio Juliasse Sandramo, Bispo Auxiliar de Maputo e Administrador Apostólico de Pemba (Moçambique) D. Antonio Juliasse Sandramo, Bispo Auxiliar de Maputo e Administrador Apostólico de Pemba (Moçambique) 

Moçambique: Sacerdotes felicitam D. Juliasse, Administrador Apostólico de Pemba

Sacerdotes do Clero Dioceseno de Maputo felicitam ao Bispo Auxiliar D. António Juliasse Ferreira Sandramo, que muito recentemente foi nomeado pelo Papa Francisco como Administrador Apostólico da Diocese de Pemba, na província de Cabo Delgado, a norte de Moçambique.

Hermínio José – Maputo, Moçambique

A nomeação do prelado para Pemba acontece ao mesmo tempo que o Bispo D. Luiz  Fernando Lisboa é transferido para uma diocese do Brasil, depois de largos anos ao serviço da Igreja em Pemba. Para os sacerdotes ouvidos por telefone pelo Vatican News, D. Juliasse foi uma escolha acertada à semelhança da do anterior Bispo, D. Luiz Lisboa.

Sacerdotes enaltecem qualidades de D. Juliasse

Segundo o Pe. Nelson Covete, D. António Juliasse notabilzou-se pela sua abnegada entrega durante os preparativos para a recepção do Sumo Pontífice, cuja visita apostólica a Moçambique foi em setembro de 2019.

Por seu turno, o Pe. António Pereta, director da Casa da Misericórdia em Maputo, encoraja o Bispo D. António Juliasse a seguir com a sua acção pastoral a bem do povo de Cabo Delgado, afectado pelos ataques terroristas desde o ano 2017, deixando um rasto de destruição severa e crise humanitária.

Já o Pe. Ercílio Manhique, igualmente do Clero diocesano de Maputo, deixa  ao D. Juliasse votos de uma boa missão pastoral e que sirva ao povo de Cabo Delgado, que passa pelos efeitos nefastos da guerra há 3 anos.

Refira-se que o Bispo D. Luiz Lisboa deixa a diocese de Pemba depois de largos anos como pastor daquela Diocese. D. Luiz Lisboa se notabilizou pelos seus gritos de socorro devido ao sofrimento do povo de Cabo Delgado que desde 2017 vive assolado pelos ataques terroristas que já fizeram mais de 2 mil mortos e mais de 700 mil deslocados internos.

Oiça aquia reportagem e partilhe

 

20 fevereiro 2021, 11:07