Busca

Vatican News
Cabo Verde - Bandeira nacional Cabo Verde - Bandeira nacional 

Cabo Verde olha para próximas eleições em contexto de Covid-19

Em Cabo Verde, o CNE, Conselho Nacional de Eleições, defende a definição atempada de um quadro legal para adequar as próximas eleições legislativas no país ao contexto de covid-19. Tudo, tendo em conta a forma como decorreram as recentes eleições autárquicas.

Dulce Araújo (com Rádio Nova) 

A presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) em conferência de imprensa para balanço das eleições autárquicas de 25 de Outubro, afirma que a Covid-19 não reduziu a competitividade e o debate político durante o processo eleitoral. Maria do Rosário Gonçalves,  adianta, todavia, que houve alguns constrangimentos que precisam ser evitados nas próximas eleições.

Oiça

Neste sentido Maria do Rosário aponta como um dos desafios a ser vencido para as próximas eleições, nomeadamente as legislativas, previstas para Março de 2021, a definição de um quadro legal que possa garantir o exercício do voto aos eleitores com restrições devido à covid-19.

Oiça

A CNE conclui que globalmente o processo eleitoral foi positivo, tendo sido respeitado ao longo do processo, os princípios democráticos, e assegurado o amplo exercício dos direitos de liberdade de expressão.

Entretanto, assinala algumas insuficiências logísticas e operacionais que condicionaram os trabalhos em algumas mesas de voto, com atrasos significativos.

Com vista a evitar que tais situações venham a ser registadas nas próximas eleições, a presidente da CNE sugere que medidas sejam tomadas.

Oiça

Um total de 16 listas, sendo quatro propostas por partidos políticos e 12 independentes, totalizando 65 candidaturas, concorreram às eleições autárquicas de 25 de Outubro conforme informações da CNE.

A nível nacional estavam inscritos 336.642 eleitores dos quais 196.732 exerceram o seu direito de voto, correspondente a 61% dos inscritos. A abstenção ficou nos 39%. 

10 dezembro 2020, 14:18