Busca

Vatican News
Fiéis apelam a uma observância das medidas de prevenção da Covid-19 Fiéis apelam a uma observância das medidas de prevenção da Covid-19 

Moçambique: Fiéis retornam aos cultos colectivos sob medidas de prevenção à Covid-19

Em Moçambique, as confissões religiosas reabriram portas ao público, desde o dia 18 de agosto corrente, sendo a primeira fase de relaxamento face as medidas em torno da pandemia do COVID-19, cujos casos não param de subir no País.

Hermínio José – Maputo, Moçambique

Apenas 60 por cento das mais de mil denominações religiosas, oficialmente registadas no País, reúne condições para retomar os cultos colectivos, como está previsto no principio de relaxamento das medidas restritivas impostas pelo novo decreto de estado de emergência, em vigor desde o dia 8 de agosto até 6 de setembro.

Oiça aqui a reportagem e partilhe

Com efeito, numa ronda efectuada pela reportagen do Vatican News, em Maputo, os fiéis mostram-se preocupados com o retorno aos cultos públicos, devido ao ritmo acelerado de novas contaminações.

Fiéis apelam a uma observância das medidas de prevenção da COVID-19

Os fiéis apelam a uma observância rigorosa das medidas de prevenção da COVID-19, como o distanciamento social, uso de gel e álcool, lavagem das mãos e o uso de máscaras e viseiras, para que as igrejas não constituam um foco de transmissão da doença.

Equipas inspeccionam igrejas

De referir que pese embora ao retorno dos cultos públicos, anunciados pelo Presidente da República, no seu último discurso à nação moçambicana, foi criada uma comissão multisectorial para aferir o nível de preparo das igrejas de modo que os fiéis não estejam expostos à contaminação pelo novo coronavírus (COVID-19).

25 agosto 2020, 09:12