Busca

Vatican News
2019.07.25 Sé Catedral de Benguela, Angola ** Cattedrale di Benguela, in Angola Sé Catedral de Benguela, Angola  

Angola - CEAST altera ritos da Semana Santa devido ao Covid-19

Bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) alteram rito das celebrações durante a Semana Santa devido a COVID – 19 e renovam apelos a unidade da igreja, sobretudo nestes momentos difíceis.

Anastácio Sasembele - Luanda

Vem aí o Domingo de Ramos e consequentemente o inicio da Semana Santa, rumo a Páscoa do Senhor.

As Dioceses e arquidioceses da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) transmitem aos fiéis orientações da Congregação para o Culto Divino e Sacramentos que determina como organizar os ritos do momento central para a fé cristã nos países afectados pela Covid-19.

Angola é um destes países afectados pelo novo Coronavirus e vive por estes dias o Estado de Emergência Nacional que teve início ás zero horas do dia 27 de Março deste ano e que terá duração de 15 dias que podem ser prorrogáveis.

Na arquidiocese de Luanda de acordo com o comunicado assinado pelo arcebispo D. Filomeno do Nascimento Vieira Dias, as celebrações do tríduo pascal decorrerão a portas fechadas na Igreja Catedral e na sede de cada paróquia, sem o rito do lava – pés e do beijo da cruz.

“A tradicional missa dos santos óleos será presidida pelo Arcebispo e concelebrada apenas pelos vigários episcopais, em comunhão com todo o clero e povo de Deus que poderão acompanhar pelos meios de comunicação social”, uma realidade a ser seguida pelas demais dioceses e arquidioceses da CEAST.

Enquanto isso as autoridades sanitárias do país registaram, nas últimas horas, o oitavo caso positivo do novo Coronavírus (COVID-19) no país, implicando um cidadão sul-africano, chegado a Angola no dia 18 de Março último.

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, o cidadão em causa tem 31 anos de idade, proveio de Pretória (África do Sul) e reside no distrito urbano da Maianga, em Luanda.

Até à presente data foram registados 8 casos positivos, cinco dos quais estão sob acompanhamento médico, dois mortos e um recuperado.

Face a esta situação os bispos da CEAST renovam apelos a unidade da igreja, sobretudo nestes momentos difíceis.

D. Emilio Sumbeleo, bispo da diocese de Viana disse que é Deus que guia  e apoia a sua igreja e todos aqueles que a Ele recorrem porque todos são filhos seus.

Já o arcebispo de Malanje, D. Benedito Roberto apela unidade dos angolanos no cumprimento das regras estabelecidas pelas autoridades, no âmbito da vivência do Estado de Emergência por causa da Covid - 19.

Por último os bispos da CEAST invocam a Nossa Senhora do Céu com a oração mais antiga que os cristãos fizeram para se dirigir a Ela, sobretudo nos momentos de dificuldades e martírio.  

Oiça
03 abril 2020, 09:44