Busca

Vatican News
2020.03.03 Campagna di APEC in aiuto al Mozambico 2020.03.03 Campanha da APEC para ajudar Moçambique  (©nd3000 - stock.adobe.com)

Portugal: Escolas católicas ajudam Moçambique

Associação Portuguesa de Escolas Católicas (APEC) lançou campanha de apoio às suas congéneres de Moçambique, devastadas pelo ciclone Idai.

Domingos Pinto – Lisboa

“Mal seria que irmãos entre irmãos não se olhem, e portanto, é de facto esse grande abraço e essa grande comunhão que não basta na oração, mas é preciso no gesto concreto”.

É desta forma que Fernando Magalhães, Presidente da Associação Portuguesa de Escolas Católicas (APEC) sublinha à VATICAN NEWS o sentido da campanha que aquele organismo lançou para apoiar as suas congéneres de Moçambique, devastadas pelo ciclone Idai, em março de 2019.

“ É uma campanha de angariação de fundos através de uma conta que está identificada para o efeito para a qual sejam canalizados recursos financeiros que possam ser depois transferidos para a arquidiocese da Beira”, explica o Presidente da APEC.

“Recursos para a reconstrução das escolas que “foram afetadas, e que tendo sido afetadas, precisam muito da nossa ajuda”, concretiza.

Um ano após a tragédia, o momento que se vive é de “muita esperança, mas de enorme dificuldade, porque há muito por fazer”, diz o diácono português responsável pela Associação Portuguesa de Escolas Católicas.

“Escolas com aulas na rua, sem telhados, sem paredes”, exemplifica Fernando Magalhães que refirma as preocupações sublinhadas pelo Arcebispo da Beira em janeiro passado aquando da sua recente deslocação a Portugal.

Na ocasião, e no âmbito desta campanha, D. Claudio Dalla Zuana lembrava a dramática situação no centro do país, em particular na região e cidade da Beira com “mais de 20 mil alunos nas escolas ligadas à diocese”.

“Apesar dos fundos já recolhidos, dos fundos já aplicados, o que há para a fazer ainda é imenso”, diz o Presidente da APEC que lembra que há uma “necessidade premente de resposta para aqueles alunos destas nossas escolas católicas irmãs”.

648 pessoas morreram na sequência da passagem de dois ciclones (Idai e Kenneth) em Moçambique, no ano de 2019; as catástrofes provocaram ainda elevados danos materiais.

Oiça

Para a recolha de donativos, a APEC abriu a seguinte conta: PT50 5340 5426 1600 7033 0016 4.

 

03 março 2020, 16:36