Busca

Vatican News
Investidura do Presidente da República de Moçambique Filipe Jacinto Nyusi para o segundo mandato Investidura do Presidente da República de Moçambique Filipe Jacinto Nyusi para o segundo mandato  (ANSA)

Moçambique: Presidente Nyusi investido para segundo mandato

O Presidente da República (PR) de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, foi investido nesta quarta-feira, 15 de janeiro, para mais um mandato, iniciando assim, mais um ciclo governativo 2020/2024.

Hermínio José – Maputo, Moçambique

Filipe Nyusi dirigindo-se à Nação moçambicana e os diferentes convidados presentes na Praça da Independência, reiterou que assume o compromisso de “ser o Presidente de todos os moçambicanos”, à semelhança da promessa feita em 2015, quando tomou posse para o primeiro mandato. O Estadista afirmou que a paz será a sua “prioridade absoluta”.

“Combate à pobreza é uma emergência nacional”, PR

Nyusi disse ainda que, com vista ao alcance da Fome Zero, um dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável, o combate à pobreza é uma emergência nacional.

Oiça aqui a reportagem e partilhe

Num outro desenvolvimento, o Presidente da República, eleito nas eleições presidenciais de 15 de outubro, felicitou os candidatos derrotados e afirmou que é preciso saber “tornar as nossas diferenças em mais-valias” para fortalecer a democracia no país.

Sacerdote pede bênçãos para Filipe Nyusi

Entretanto, várias são as reações à volta da investidura do Presidente da República, para o segundo mandado consecutivo.  Para o Pe. José Joaquim, a renovação do Presidente Nyusi é um convite para todos os moçambicanos a se unirem pela paz e consolidação da unidade nacional. O sacerdote pede bênçãos para Filipe Nyusi.

Paz e Reconciliação: devem ser prioridades do Governo

Por seu turno, para o deputado Edson Macuacua, existe muita expectativa em torno do próximo Governo. O parlamentar defende que a paz e a reconciliação devem ser prioridade para o Governo.

Segundo o vice-presidente do Tribunal Supremo, João Beirão, as promessas do Presidente Nyusi serão cumpridas e felicta o Chefe de Estado pela façanha.

De referir que o Presidente da República prometeu em breve apresentar a composição do Governo, nomeadamente ministros e vice-ministros, para o presente ciclo governativo 2020/2024.

15 janeiro 2020, 15:45