Versão Beta

Cerca

Vatican News
KENYA-MEDIA-BBC-BRITAIN-RADIO-ETHIOPIA Quénia - Meios de comunicação  (AFP or licensors)

Igreja no Quénia aposta na comunicação social para evangelizar

No Quénia, a Igreja está a apostar na comunicação social para auxiliar na Evangelização. Acabam de ser formados diversos agentes de comunicação. Em vista a criação de uma estação de Rádio - disse o Bispo de Embu.

Dulce Araújo (com Isabella Piro) - Cidade do Vaticano

“Chegais no bom momento; prestes teremos a Rádio e podereis, portanto, dar o vosso contributo para os programas radiofónicos, pois que as pessoas precisam de saber o que se passa a nível da base” – disse D. Paul Kariuki Njiru, Bispo de Embu, ao dirigir-se a trinta agentes da comunicação social a nível das paróquias que acabam de terminar um curso de formação organizada pela Comissão Episcopal para as Comunicações Sociais.

Transformar a vida dos outros

D. Kariuki exortou os recém-formados a ter em conta a situação dos mais necessitados e as múltiplas obras boas que a Igreja faz na sua missão de evangelização. “Transformai a vida dos outros, pondo em relevo a difícil situação dos pobres na comunidade, por forma a que as pessoas possam oferecer-se voluntariamente para os ajudar. Sede agentes que possam ajudar a recolher informações diferentes das veiculadas pelos media seculares.”

Promover a paz e a justiça 

O Secretário executivo nacional da Comissão Episcopal para as Comunicações Sociais, P. Elias Mokua, disse que o escopo da formação dos operadores é apoiar a Conferência Episcopal do Quénia na tarefa de comunicar tanto com os católicos como com os não católicos a desenvolver uma rede de comunicação nacional que promova a identidade e os valores católicos, a paz e a justiça.

Evangelizar com o auxilio das novas tecnologias

“Temos cada vez mais necessidade de utilizar as nossas forças como Igreja católica para evangelizar, ensinar os valores do Evangelho, promover a justiça social, chegar às dioceses que não têm radio ou imprensa, criando uma Igreja católica on line, uma Igreja que use as modernas tecnologias de comunicação para evangelizar” – sublinhou.

Desenvolver identidade católica forte

P. Mokua sublinhou a necessidade de desenvolver uma identidade católica forte no âmbito da crescente competição entre diversos medias, pondo em relevo os conteúdos católicos, dando notícias sobre a Igreja e outras informações que ajudem na evangelização, e fazendo crescer uma nova geração de operadores dos media católicos- informa agencia Fides.

04 setembro 2018, 14:28