Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Prevenir a crminalidade e garantir a tranquilidade Prevenir a crminalidade e garantir a tranquilidade  (AFP or licensors)

Moçambique: Governo comprometido na prevenção da criminalidade

Na comemoração dos 43 anos da Polícia da República de Moçambique (PRM), o Primeiro-ministro reafirmou o empenho do governo a acelerar os mecanismos para garantir a ordem, segurança e tranquilidade públicas e prevenir a criminalidade no País.

Hermínio José - Maputo

A Polícia da República de Moçambique (PRM) comemora nesta quinta-feira, 17 de maio, o 43º aniversário da sua criação. Com efeito, o Primeiro-Ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, felicita aos membros da Polícia pela ocasião e encoraja os agentes da Lei e Ordem a garantir a ordem e tranquilidades públicas no país.

Governo reafirma seu compromisso na prevenção da criminalidade no país

O Primeiro-ministro afirmou ainda que no que tange à criminalidade, o Governo continuará a acelerar os mecanismos para garantir a ordem, segurança e tranquilidade públicas. Carlos Agostinho do Rosário, vincou que o Governo reafirma o seu compromisso na prevenção da criminalidade no país.

O Povo deve acarinhar os agentes da Lei e Ordem pelo seu papel

Por seu turno, a presidente da Assembleia da República, Verónica Macamo, encoraja o Governo com as reformas necessárias para elevar o desempenho da Polícia no país. Verónica Macano afirma que cabe a todos os moçambicanos acarinhar as autoridades policiais na garantia da ordem e tranquilidade públicas, o que concorre para a estabilidade política em Moçambique.

"Não obstante as dificuldades, a Polícia tem feito o seu melhor"

Entretanto, o deputado e porta-voz da Bancada Parlamentar da Frelimo, Edmundo Galiza Matos, refere que não obstante às várias adversidades laborais por que passam os agentes da Polícia, continua desempenhando bem o seu papel.

De referir que oficiais do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique saudaram esta quinta-feira, no Palácio Presidencial da Ponta Vermelha, o Chefe de Estado, Filipe Nyusi, que é igualmente Comandante em Chefe das Forças de Defesa e Segurança de Moçambique.

Oiça aqui a reportagem:

 

 

18 maio 2018, 11:23