Vatican News

Semana Laudato si’: Papa reforça convite para agir e gerar mudança

Francisco lembrou da importância do evento ao final do Regina Coeli de domingo (16), dia que começou a “Semana Laudato si’ 2021”: é uma oportunidade para aprender a escutar o grito da Terra e dos pobres, disse o Pontífice. Muitas iniciativas em modalidade on-line estão sendo oferecidas até 25 de maio, quando acontece o lançamento oficial da “Plataforma de Ação Laudato Si”. Os eventos globais podem ser acompanhados em 6 idiomas diferentes, entre eles, o português.

Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem com a voz do Papa e compartilhe

Da Praça São Pedro veio o agradecimento do Papa Francisco ao Dicastério para o Serviço de Desenvolvimento Humano Integral e às numerosas organizações aderentes à iniciativa "Semana Laudato si’". Ao final do Regina Coeli de domingo (16), o Pontífice não esqueceu desse evento realizado para, como ele mesmo disse, “nos educar cada vez mais a ouvir o grito da Terra e o grito dos pobres", convidando "todos a participar".

“Que tipo de mundo queremos deixar para aqueles que vêm depois de nós, para as crianças que estão crescendo?”

A partir dessa pergunta, por ocasião do mesmo evento no ano passado, o Papa fazia o seu “apelo urgente a fim de responder à crise ecológica”: “cuidemos da criação, presente do nosso bom Deus criador. Celebremos juntos a Semana Laudato si’. Que Deus os abençoe e não se esqueçam de rezar por mim”, dizia Francisco na mensagem em vídeo de 2020. O Pontífice, assim, procura exortar 1,2 bilhão de católicos em todo o mundo a tomar medidas urgentes contra a injustiça das mudanças climáticas e da crise ecológica em favor dos mais pobres e das futuras gerações. A carta encíclica é um forte apelo para o cuidado da Casa Comum.

Programe-se para Semana Laudato si’

A nova edição da “Semana Laudato si’”, um movimento que tem o apoio do Movimento Católico Global pelo Clima e Caritas Internacional, começou no próprio domingo (16) e vai reunir um time heterogêneo de líderes católicos dos quatro cantos do planeta, além de relatores e autores de fama mundial. Nesta segunda-feira (17), com tradução em português, o encontro em modalidade on-line analisou as principais oportunidades para gerar mudança antes da COP15 e da COP26, num chamado individual e também às comunidades para um caminho integral.

Já nesta terça-feira (18), às 14h na Itália, 9h no horário de Brasília, o diálogo virtual é sobre educação. No encontro, os participantes poderão conhecer as universidades e instituições no mundo inteiro que fizeram da Laudato Si’ uma parte integrante no currículo e que estão usando a Encíclica do Papa Francisco para educar a pessoa como um todo. Lideranças de instituições renomadas internacionais vão compartilhar experiências práticas sobre como usam a Laudato si’ para inspirar os alunos, dando dicas para que a mesma iniciativa seja compartilhada em outras partes do mundo. Os eventos globais, já previamente definidos e divulgados em programa, serão sempre transmitidos diariamente pelo site e redes sociais do Movimento Católico Global pelo Clima em 6 idiomas diferentes, entre eles, o português.

Plataforma de Ação Laudato si’

Já no dia 25 de maio, de encerramento da Semana Laudato si’ deste ano, será lançada oficialmente a “Plataforma de Ação Laudato Si’”, também oferecendo orientações para o uso. A iniciativa é resultado de um esforço liderado pelo Vaticano para capacitar instituições católicas, comunidades e famílias para implementar a Laudato Si’ na próxima década. Para todas as informações detalhadas sobre os eventos diários e também para cadastrar a ação que está sendo realizada na diocese, paróquia ou comunidade, basta acessar o site do GCCM.

17 maio 2021, 17:45