Vatican News
Centro de Hong Kong com restrição de circulação devido à Covid-19 Centro de Hong Kong com restrição de circulação devido à Covid-19  (AFP or licensors)

Com terceira onda de Covid, Igreja volta a suspender Missas públicas em Hong Kong

Permanecem abertas as igrejas e capelas paroquiais para a oração particular dos fiéis ou para a Adoração Eucarística. As igrejas paroquiais também poderão organizar a celebração das Missas diariamente, ou em uma data específica, mas somente com participação individual.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Para lidar com as medidas de emergência impostas pelo governo de Hong Kong diante da nova onda de contágios por Covid-19, o cardeal Jonh Tong Hon anunciou em um comunicado novas medidas a serem observadas por sacerdotes e fiéis, que permanecerão em vigor até 28 de julho, com o objetivo de minimizar o risco de transmissão comunitária do coronavírus.

De acordo com a nota, todas as paróquias, igrejas e capelas, bem como outros locais onde são realizadas Missas "públicas" aos domingos ou dias da semana, devem suspender as celebrações, bem como qualquer outra forma de atividades religiosas em grupo, como casamentos e funerais. Da mesma forma, ficam suspensas as celebrações para receber o Sacramento de Comunhão para adultos e crianças, assim como o Sacramento do Batismo, o que poderá ser realizado após a suspensão das restrições determinadas pelo governo.

No entanto, permanecem abertas as igrejas e capelas paroquiais para a oração particular dos fiéis ou para a Adoração Eucarística. As igrejas paroquiais também poderão organizar a celebração das Missas diariamente, ou em uma data específica, mas somente com participação individual.

Também são retomadas medidas preventivas para os fiéis ou outras pessoas que entram nas igrejas, como o uso de máscaras, a medição da temperatura corporal, a lavagem das mãos com desinfetante e a manutenção da distância social de pelo menos 1,5 metro entre as pessoas.

A Diocese de Hong Kong recorda que os fiéis podem "substituir" a participação na Missa dominical acompanhando qualquer transmissão da Missa via Internet ou organizar um momento de reflexão pessoal no Domingo do Senhor, a leitura da Bíblia e a oração do Santo Rosário. Além disso, a diocese incentiva os fiéis a fazer bom uso de serviços on-line, como Missas durante a semana, programas e informações sobre o cultivo da fé e outras atividades espirituais, como a oração da manhã, o Rosário, etc.

A Covid-19 ressurgiu em Hong Kong com mais de 60 novos casos, a maior parte deles transmitida localmente. Os surtos que surgiram na semana passada incluem um lar para idosos e várias famílias. Em Hong Kong, o número total de casos confirmados é de 1.713, com 11 óbitos.

Vatican News Service - ATD

19 julho 2020, 07:58