Vatican News
O padre assassinado era da diocese de Meru O padre assassinado era da diocese de Meru  (AFP or licensors)

Sacerdote é morto a facadas no Quênia

Dom Eutycas, o padre assassinado dentro do seu carro em Makutano, cerca de 200 Km da capital Nairóbi, tinha 32 anos e foi ordenado no final de 2018. A polícia está investigando o caso e já prendeu duas pessoas suspeitas.

Nesta quarta-feira (6) a agência de notícias Fides divulgou nota sobre a morte a facadas de um sacerdote no Quênia. Testemunhas contam que Dom Eutycas Murangiri Muthur, da paróquia de Limbine, diocese de Meru, na cidade de Tigania, teria sido atingido várias vezes por golpes de faca e por mais de uma pessoa. O assassinato aconteceu dentro do seu carro em Makutano, cerca de 200 Km da capital Nairóbi.

Dom Eutycas tinha 32 anos e foi ordenado recentemente, em 23 de dezembro de 2018. As circunstâncias do homicídio ainda não são claras, mas a polícia está investigando o caso e já prendeu um homem e uma mulher que estariam com o sacerdote no momento do assassinato.

06 junho 2019, 10:20