Vatican News

Amazonas: os Yanomami de Maturacá recebem a visita do bispo

Bispo de São Gabriel da Cachoeira (AM), a diocese 'mais indígena do Brasil', Dom Edson Damian passou uma semana com os Yanomami. Confira as fotos.

Cristiane Murray - Cidade do Vaticano

 

Confira aqui algumas imagens da visita do bispo de São Gabriel da Cachoeira (AM), Dom Edson Damian, a seus parentes Yanomami na paróquia de Maturacá, região do Pico da Neblina. Os missionários Salesianos - SDB, visitam a comunidade 3 ou 4 vezes por ano, mas o bispo consegue ir apenas uma vez.

 

Para chegar lá, segue-se na estrada de terra BR-307 rumo a norte. Após 6 horas e 80 km de atoleiros, chega-se ao ancoradouro Frente Sul, de onde se embarca em voadeiras (lanchas fluviais de alumínio). Até a aldeia Maturacá, são mais seis horas em igarapés de água preta e no rio Cauaburis, em meio à floresta.

 

Dom Edson passou uma semana em visita

 

Os Yanomami, depois de dizimados por epidemias e ter seu território invadido por cerca de 40 mil garimpeiros na década de 80, conseguiram reverter a queda demográfica. Atualmente, segundo a Secretaria Especial de Saúde Indígena, são 23,5 mil os Yanomami no Amazonas e em Roraima - além de outros 11 mil na Venezuela.

 

 

01 junho 2019, 14:20