Vatican News
D. Leopoldo Ndakalako, Bispo de Menongue, em Angola D. Leopoldo Ndakalako, Bispo de Menongue, em Angola 

Foi ordenado o novo Bispo da Diocese de Menongue

O novo bispo da Diocese de Menongue, Dom Leopoldo Ndakalako, foi ordenado, domingo (12/5), na cidade de Ondjiva, durante uma missa presidida pelo Núncio apostólico em Angola e São Tomé Dom Petar Rajic.

Anastácio Sasembele - Luanda

A missa de ordenação episcopal, no domingo do Bom Pastor, contou com a presença de mais de oito mil fiéis vindos de diversas dioceses que compõe a Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST).

Na homília, o Núncio enalteceu a função do bispo, que consiste em propiciar o crescimento da Igreja, acrescentando que o mais importante é trabalhar com respeito e responsabilidade para unificar a Igreja e fazer chegar a palavra de Deus a todas as famílias.

Dom Leopoldo Ndakalako foi nomeado em Março último pelo Papa Francisco como o novo bispo da diocese de Menongue e diante da multidão de fiéis disse ter aceite a nomeação em obediência à igreja e ao Santo Padre, porque não pretendia estar em contradição com a sua consciência e promete servir os irmãos.

Dom Leopoldo Ndakalako, até então vigário geral da Diocese de Ondjiva, substitui Dom Mário Lukunde, que no ano passado renunciou o cargo por motivos de doença.

Nomeado pelo Papa Francisco, a 19 de Março deste ano, Dom Leopoldo Ndakalako nasceu na localidade Okahonde, comuna da Môngua, município do Cuanhama, no Cunene, há 13 de Dezembro de 1968.

Até à nova nomeação, a Diocese de Menongue estava sem bispo residente há um ano. A administração canónica tinha sido atribuída a Dom Pio Hipunyati, bispo da Diocese de Ondjiva.

Dom Leopoldo Ndakalako fez o curso de Filosofia no Seminário Maior de Cristo Rei, no Huambo, e o de Teologia na Universidade Urbaniana de Roma, como aluno do Pontifício Colégio Urbano. Foi ordenado sacerdote em 14 de Dezembro de 1997, na Missão de Omupanda, por Dom Fernando Guimarães Kevanu, até então bispo de Ondjiva. 

Oiça
16 maio 2019, 15:48