Busca

Vatican News

Praça São Pedro receberá presépio do Peru

O Presépio peruano pretende comemorar os 200 anos de independência do país, reproduzir uma seção transversal da vida dos povos dos Andes e simbolizar o chamado universal à salvação, na medida em que o Filho de Deus se encarnou para salvar todo homem e mulher na Terra, de todas as línguas, povos, culturas e nações

Vatican News

O presépio que será instalado na Praça São Pedro para o Natal de 2021 vem dos Andes, da aldeia de Chopcca, uma comunidade no departamento de Huancavelica, no Peru. O Papa Francisco, no domingo 24 de outubro depois do Angelus, anunciou a origem do Presépio, saudando a comunidade peruana celebrando a festa do Senhor de los Milagros. O presépio será composto por mais de 30 peças e criada por cinco artistas famosos de Huancavelica.

Um presépio direto dos Andes

A criação do Presépio Andino é o resultado da colaboração entre a Conferência Episcopal do Peru, a Diocese de Huancavelica, o governo regional, o Ministério do Comércio Exterior e Turismo, o Ministério das Relações Exteriores e a Embaixada do Peru junto à Santa Sé.

As estátuas do Menino Jesus, da Virgem Maria, de São José, dos Três Reis Magos e dos pastores serão feitas em tamanho natural a partir de materiais como cerâmica, madeira de maguey (agave) e fibra de vidro, e serão vestidas com trajes típicos de Chopcca. Jesus terá a aparência de uma criança "Hilipuska", assim chamada porque está envolta em um cobertor típico de Huancavelica e amarrada com um "chumpi" ou cinto trançado. Os Três Reis carregarão alforjes ou sacos contendo alimentos típicos de Huancavelica, como batatas, quinoa, kiwicha, cañihua, e serão acompanhados por lhamas carregando uma bandeira peruana em suas costas. O nascimento do Salvador será anunciado por um anjo criança, que tocará o típico instrumento de sopro chamado Wajrapuco. O presépio também apresentará estátuas de vários animais pertencentes à fauna local, tais como alpacas, vicunhas, ovelhas, vizcachas, parihuanas e o condor andino, o símbolo nacional do Peru.

Haverá também uma representação em pequena escala da comunidade Chopcca, com sua cultura, tradição e ferramentas de trabalho ancestrais, que os agricultores utilizam para lavrar a terra. Chopcca é uma comunidade de língua quíchua com pouco mais de 10.000 habitantes. A comunidade rural está localizada ao leste da cidade de Huancavelica, capital do departamento do mesmo nome, a uma altitude de 3.680 a 4.500 metros acima do nível do mar, em uma área que é atravessada pelo Qhapaq Ñan ou Trilha Inca.

A árvore de Natal

Já a árvore de Natal virá de Andalo, no distrito de Paganella Dolomites no Trentino, e terá cerca de 28 metros de altura, que será colocada ao lado do presépio na Praça São Pedro. A árvore é proveniente da PEFC Territorial Group Sustainable Forestry Management Trentino certificada. A delegação trentina também se encarregará das decorações da árvore. Como sempre, o Governador, através da Diretoria de Infraestrutura e Serviços, fornecerá iluminação LED de baixo consumo de energia.

Para a Sala Paulo VI, o presépio foi confiado ao grupo de jovens da paróquia de São Bartolomeu o Apóstolo de Gálio, província de Vicenza e Diocese de Pádua. Os jovens de Gálio, da Unidade Pastoral de Gálio, Foza, Sasso e Stoccareddo, optaram por se inspirar num tipo rústico da área utilizada como abrigo para animais. Este "estalotto", como é chamado em dialeto, abriga alguns personagens em tamanho real: a Sagrada Família, um pastor carregando um cordeiro nos ombros e uma ovelha aos seus pés; e uma mulher segurando uma pomba em uma cesta. Haverá também estátuas de alguns animais da fazenda, como coelhos, galinhas e um gato. Dentro do 'estalotto' estarão várias ferramentas que já foram utilizadas pelos agricultores do planalto: serras, ancinhos, enxadas. Na parte externa da cabana há uma caneta de coelho feita de placas de pedra que, na língua cimbriana, são chamadas "Stoan platten", que ainda marcam os limites entre as habitações e indicam caminhos.

A inauguração

A tradicional inauguração do presépio e a iluminação da árvore de Natal será realizada na Praça São Pedro na sexta-feira 10 de dezembro às 17h, em conformidade com as normas para combater a propagação da pandemia. A cerimônia será presidida pelo Arcebispo Fernando Vérgez Alzaga, Presidente do Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano. No mesmo dia, pela manhã, as delegações de Huancavelica, Andalo e Gallio serão recebidas em audiência pelo Papa Francisco.

28 outubro 2021, 13:19