Busca

Vatican News
OShanti Ashram é um centro sanitário e social que assiste 50.000 crianças e suas famílias nos povoados na periferia da cidade de Coimbatore. OShanti Ashram é um centro sanitário e social que assiste 50.000 crianças e suas famílias nos povoados na periferia da cidade de Coimbatore. 

Papa doa 20 mil euros para Centro indiano Shanti Ashram

A arrecadação de fundos em apoio à iniciativa de saúde "Marathon for solidarity" (Maratona pela solidariedade) foi promovida pela Universidade Católica e pelo Centro Universitário para a Solidariedade Internacional

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Chama-se  “Marathon for solidarity” ("Maratona pela solidariedade") e é um simpósio on-line internacional de ginecologistas e pediatras de renome mundial que se realizou no sábado, 15 de maio, das 8h00 às 18h00, promovido para ajudar o Centro Shanti Ashram em Coimbatore, Índia, e patrocinado pela Universidade Católica e o Centro Universitário para a Solidariedade Internacional.

O objetivo era angariar 60.000 euros para o Shanti Ashram, um centro sanitário e social que, por meio de um "banco de alimentos" e estrutura de assistência médica e de formação para mulheres empresárias, assiste 50.000 crianças e suas famílias nos povoados na periferia da cidade de Coimbatore, onde localiza-se sede do Centro, Estado de Tamil Nadu, no extremo sul da Índia.

A ideia desta extraordinária iniciativa de solidariedade no ano da pandemia partiu da professora Antonia Testa, professora de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Católica, campus de Roma, que há dois anos, durante uma viagem à Índia, conheceu a Dra. Kezevino Aram, pediatra, presidente do Shanti Ashram.

“Em janeiro Kezevino me contatou para um pedido de ajuda - contou a professora Testa - 'Depois de 8 meses de lockdown – disse-me ela - esgotamos todos os nossos recursos, nunca vi tanta pobreza'.  Como Kezevino prevê que a situação não irá melhorar antes de junho de 2021 (não prevendo uma situação assim tão desastrosa em maio), ela busca um apoio econômico para fazer frente ao trabalho de assistência e cuidado pelo menos pelos próximos cinco meses, o que equivalente a cerca de 60.000 euros".

“Para ajudá-la - continua a professora Testa - decidi envolver colegas e empresas em uma “gynecological marathon for solidarity", um evento virtual de cerca de 10 horas caracterizado pelo diálogo e pela partilha de experiências. Cerca de vinte colegas especialistas no setor abraçaram o projeto com o objetivo de apoiar o desenvolvimento das comunidades indianas nesta crise pandêmica, agravada ainda mais pelo aumento exponencial de contágios e mortes na Índia desde o final de fevereiro”.

O simpósio, em língua inglesa, foi introduzido pela palestra do professor Salvatore Mancuso, ex-professor de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Católica, sobre a "história da placenta", dirigida a adolescentes para colocar em relação o lado científico e humano da maternidade e do nascimento. As conclusões da maratona foram confiadas ao reitor da Universidade Católica, professor Franco Anelli.

Graças a patrocinadores e a um concurso de solidariedade via crowdfunding, chegou-se à cifra de cerca de 40 mil euros. Então, eis que surge uma grande e inesperada surpresa. A professora Testa recebe um telefonema do cardeal Konrad Krajewski, informando que o Papa Francisco decidiu doar o restante do valor para se chegar à meta dos 60.000 euros, o que permitirá ao Shanti Ashram continuar a ajudar a população indiana.

16 maio 2021, 08:57