Busca

Vatican News
Pio XI e Guilherme Marconi na inauguração da Rádio Vaticano Pio XI e Guilherme Marconi na inauguração da Rádio Vaticano 

90 anos da Rádio Vaticano: a amizade entre o Papa e a família Marconi

Elettra Marconi filha do grande inventor que criou a rádio do Papa, recorda a fé de seu pai e seus longos encontros com Pio XI marcados pela curiosidade científica. As felicitações aos ouvintes pelo aniversário da "Rádio de família”

Michele Raviart – Vatican News

Foi o homem que deu o impulso decisivo para o desenvolvimento da telegrafia sem fio e uniu o mundo através de ondas eletromagnéticas, tanto que é considerado o inventor do rádio e recebeu o Prêmio Nobel de Física em 1909. E foi ele, Guilherme Marconi, o encarregado pelo Papa Pio XI de projetar e construir a Rádio Vaticano. "Tenho a maior honra de anunciar que dentro de alguns momentos o Sumo Pontífice Pio XI inaugurará a estação de rádio do Estado da Cidade do Vaticano", disse por primeiro, em 12 de fevereiro de 1931, diante de um microfone que ainda, 90 anos depois, leva a voz do Papa no mundo.

Ouça a voz de Guilherme Marconi e do Papa Pio XI

Em certo sentido, para Elettra Marconi é uma "rádio de família", a filha do inventor nos conta sobre aqueles dias e o significado deste aniversário para ela:

Elettra Marconi: Para mim é muito emocionante, porque meu pai sempre me educou recordando este grande evento da inauguração da Rádio Vaticano, construída por ele. Eu sabia tudo sobre a amizade com Pio XI, porque fui levada muitas vezes à Rádio Vaticano quando tinha sido recém inaugurada, na presença de meu pai, precisamente, e de Pio XI. É algo que eu vivi muito e que coincide com o período mais longo em que meu pai permaneceu em Roma para a construção de "sua" Rádio Vaticano. Ele a construiu, supervisionou e controlou tudo. Para ele era muito importante.

Ouça e compartilhe!

Como seu pai contava à família sobre a inauguração da Rádio Vaticano, há algum caso particular que a senhora recorda?

Elettra Marconi: Minha mãe também estava presente! Foi uma emoção muito grande para todos, meu pai tinha uma grande admiração por Pio XI, que era muito interessado em ciências e queria seguir todos os progressos que meu pai fazia na rádio. Foi uma grande amizade. Ele ia frequentemente falar com o pontífice para mantê-lo atualizado.

Pio XI e Marconi na inauguração da Rádio Vaticano
Pio XI e Marconi na inauguração da Rádio Vaticano

A senhora pode nos dizer se há um momento, um dia em particular, que lembra daqueles passados com Pio XI?

Elettra Marconi: Frequentemente íamos a audiências particulares, porque ele queria nos conhecer. Queria conhecer meu pai e também convidava minha mãe e eu, a pequena Elettra, que tinha que estar presente.... E as visitas eram intermináveis, porque meu pai tinha muitas coisas técnicas para conversar com o Papa. As microondas, o rádio e seus últimos progressos. Pio XI ficava me olhando porque eu era muito vivaz e minha mãe tinha que me manter sob controle. Mas ele me olhava sorrindo e com simpatia. Divertia-se! Havia uma atmosfera maravilhosa. Então a última coisa importante que meu pai fez pelo Papa foi a construção do "radio-telefone móvel", um dispositivo no carro do Papa para falar com o Vaticano e com Castel Gandolfo. O desenvolvimento disto, é claro, é o telefone celular, mas o primeiro telefone celular foi para o Papa!

Entre as muitas invenções que pertenceram ao gênio de seu pai, e a senhora o confirma com esta sua lembrança pessoal, que papel desempenhou a Rádio Vaticano?

Elettra Marconi: A Rádio Vaticano foi de enorme importância para meu pai. Há aquele belo vídeo no qual pode-se ver a inauguração, com as palavras do Papa apresentando a Rádio Vaticano e meu pai apresentando o Papa ao mundo. É a primeira vez queo mundo escuta a voz do Papa no rádio e recebe a bênção Urbi et Orbi. Meu pai era um homem de fé muito crente, e agradecia a Deus pelas suas obras, porque lhe havia dado a oportunidade de dar um benefício aos homens, de salvar vidas. Ele sempre se dirigia ao Criador de todo o universo, porque trabalhava com o universo através do espaço, do céu, das estrelas. Ele vivia constantemente em admiração pela natureza.

Seu pai ficaria muito feliz pelos 90 anos de vida de uma de suas criações.... O que a senhora gostaria de desejar a todos nós e a esta rádio que é uma "rádio de família" para a senhora?

Elettra Marconi: Certamente! Eu me sinto em família quando estou com vocês, e gostaria que o sentimento fosse recíproco! Tenho muito carinho por todos, e lembrem-se da história da vida de meu pai! Suas obras são para o benefício da humanidade!

12 fevereiro 2021, 12:19