Busca

Vatican News
Casa do Divino Mestre, em Ariccia na conclusão dos Exercícios Espirituais de 2020 Casa do Divino Mestre, em Ariccia na conclusão dos Exercícios Espirituais de 2020  (Vatican Media)

Exercícios Espirituais da Cúria Romana não serão realizados em comunidade

Os Exercícios Espirituais da Cúria Romana de 2021, aos quais o Papa Francisco participa, não serão vividos em comunidade. O Papa convidou os Cardeais residentes em Roma, os Chefes dos Dicastérios e os Superiores da Cúria Romana a retirarem-se em oração de 21-26 de fevereiro de 2021

Vatican News

A Sala de Imprensa da Santa Sé comunicou na manhã desta quarta-feira (20/01) que os Exercícios Espirituais da Cúria Romana aos quais o Papa Francisco participa, não serão vividos em comunidade.

Ouça e compartilhe!

Segundo o comunicado, devido a continuidade da “emergência sanitária atual, este ano não será possível viver comunitariamente os Exercícios Espirituais da Cúria Romana na Casa Divino Mestre em Ariccia”. “Portanto o Santo Padre convidou – segue a nota - os Cardeais residentes em Roma, os Chefes dos Dicastérios e os Superiores da Cúria Romana a fazerem seus próprios exercícios espirituais, retirando-se em oração, da tarde de domingo 21 de fevereiro a sexta-feira, dia 26 de fevereiro”.

Como acontece todos os anos, durante a semana dos exercícios espirituais, todos os compromissos do Santo Padre serão suspensos, incluindo a Audiência Geral na quarta-feira, 24 de fevereiro.

Exercícios Espirituais de 2020

Na sétima meditação dos Exercícios espirituais da Quaresma de 2020 em Ariccia, o Papa acompanhou as orações do Vaticano. Na ocasião o pregador padre Bovati se deteve sobre o tema "Combate e oração”. Refletia sobre uma sociedade doente, ferida, abandonada, com forças que buscam destruir aquilo que Cristo fundou, mas, observava o jesuíta, "a rocha sobre a qual a Igreja é edificada resistirá ao mal".

20 janeiro 2021, 12:17