Busca

Vatican News
O projeto “Genius vitae" será apresentado na próxima quarta-feira O projeto “Genius vitae" será apresentado na próxima quarta-feira 

Projeto “Genius vitae” da Pontifícia Academia para a Vida

"Colocamos em prática um projeto para ampliar a compreensão da vida. Ao longo dos séculos, a tradição cristã sempre deu grande atenção a este tema, gerando formas originais através das quais se pode caminhar em direção à vida e cuidar dela”, disse dom Paglia.

Vatican News

“Viver duas fronteiras da vida humana: a fragilidade, ou seja, a pobreza, solidão, sofrimento, e a espiritualidade e abertura à transcendência, ou seja, o mistério, a oração e a arte”.

Ouça e compartilhe

Com este objetivo, a Pontifícia Academia para a Vida, em colaboração com o Centro de Antropologia da Religião e Mudança Cultural (Arc) da Universidade Católica do Sagrado Coração de Milão, promovem o projeto “Genius vitae - Universitas experientiae”. A iniciativa será apresentada na próxima quarta-feira, 9 de dezembro, das 17h às 19h locais, ao vivo no site www.geniusvitae.org.

O objetivo, informa uma nota, é também “gerar novas formas de conhecimento capazes de confrontar a hegemonia do reducionismo técnico-científico hoje cada vez mais dominante em nível global”. De fato, como explica o presidente da Pontifícia Academia para a Vida, dom Vincenzo Paglia, “colocamos em prática um projeto para ampliar a compreensão da vida”. Ao longo dos séculos, a tradição cristã sempre deu grande atenção a este tema, “gerando formas originais através das quais se pode caminhar em direção à vida e cuidar dela”: lugares do espírito, tais como abadias e mosteiros; lugares de atendimento, tais como hospitais e abrigos; lugares de educação e formação, tais como escolas e universidades. Não só: dom Paglia também lembra “as realidades de inspiração cristã capazes de instituir novas formas de desenvolvimento individual e social”: bancos, cooperativas e empresas sociais. Neste sentido, “é possível falar de uma verdadeira  genialidade cristã”, que “fez da Igreja uma rede generativa, aberta ao genius vitae e capaz de cuidar dele”.

No site do projeto, se encontram algumas histórias significativas, como a da “Koinonia community” dedicada ao cuidado de meninos de rua no Quênia e na Zâmbia; e a da “Gandhi charity”, ONG para refugiados e migrantes no continente africano. Não faltam histórias de espiritualidade, ligadas por exemplo às Fraternidades monásticas de Jerusalém, fundadas nos anos 70, assim como as experiências mais recentes devido à pandemia da Covid-19 na Itália: basta mencionar o testemunho de alguns médicos e enfermeiros do hospital “Papa João XIII” de Bérgamo e a experiência da comunidade paroquial de Nembro, também na província de Bérgamo, entre as mais afetadas pela emergência de saúde.

O programa de apresentação da próxima quarta-feira inclui a saudação inicial de dom Paglia, os discursos de alguns membros da Universidade Católica, dois testemunhos do Boston College e da Universidade de Notre Dame, e as conclusões do professor Mauro Magatti, diretor do Centro de Antropologia da Religião e Mudança Cultural (Arc).

Vatican News Service – IP/MJ

07 dezembro 2020, 14:57