Vatican News

Museus Vaticanos. Vinde, adoremos #1

“Representar o evento do nascimento de Jesus equivale a anunciar o mistério da encarnação do Filho de Deus com simplicidade e alegria”. Estas palavras do Papa Francisco recordam como o nascimento de Jesus inspirou gerações que, no decorrer dos séculos, evangelizaram através da beleza. Todas as semanas, os Museus Vaticanos propõem uma obra-prima das coleções pontifícias acompanhada das palavras dos Papas.

Bottega de Bartolo di Fredi, A Adoração dos pastores, têmpera e ouro sobre madeira, 1383-1388, Museus Vaticanos, Pinacoteca © Musei Vaticani

Nesta Natividade, Maria é maior em relação às outras figuras, ressaltando o papel de Mãe de Deus. O Menino Jesus jaz em faixas na manjedoura em forma de sepulcro, anunciando o seu sacrifício. Um coral de anjos, a estrela e a pomba, símbolo do Espírito Santo, representam a intervenção de Deus. Os pastores aparecem no cenário do Anúncio e no da Adoração. Os instrumentos musicais e os rebanhos evocam antigas representações bucólicas.

© Musei Vaticani
© Musei Vaticani

“Entremos no verdadeiro Natal com os pastores, levemos a Jesus aquilo que somos, as nossas marginalizações, as nossas feridas não curadas, os nossos pecados. Assim, em Jesus, saborearemos o verdadeiro espírito do Natal: a beleza de ser amado por Deus. Com Maria e José, paremos diante da manjedoura, diante de Jesus que nasce como pão para a minha vida. Contemplando o seu amor humilde e infinito, digamos-Lhe pura e simplesmente obrigado: Obrigado, porque fizestes tudo isto por mim.”

 (Papa Francisco – Natal 2016- Missa do Galo)


#abelezanosune
instagram: @vaticanmuseums @vaticannews @vaticannewspt
facebook: @vaticannews
aos cuidados de Paolo Ondarza

29 novembro 2020, 09:00