Busca

Vatican News

Farmácia do Papa muda para oferecer serviço mais ágil e próximo à comunidade

A Farmácia Vaticana, recém reinaugurada, está completamente renovada depois de uma reforma iniciada em 2017: os depósitos foram reorganizados e a área de vendas foi ampliada para acelerar os pedidos e a entrega dos remédios, inclusive com o auxílio de 3 robôs e um site na internet.

Marina Tomarro, Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

Já estamos em contagem regressiva para 2024 quando serão comemorados 150 anos a serviço, não somente aos residentes e funcionários do Vaticano, mas também dos romanos e de todos aqueles que precisam de medicamentos, especialmente daqueles mais difíceis de se encontrar por estarem ligados a doenças particulares e raras. Essa é a Farmácia Vaticana que todos os dias de dentro dos muros Leoninos é procurada por milhares de pessoas, que frequentemente vêm de todas as partes do mundo.

A reforma da farmácia

Para oferecer um serviço melhor, desde 2017 partiram obras de reestruturação que começaram nos depósitos para acelerar a etapa de pedidos e entrega de medicamentos. A partir desta segunda-feira, 14 de setembro, farmacêuticos e clientes voltaram às instalações históricas da farmácia, depois do atendimento ser feito durante mais de 8 meses de um grande container ali na mesma região, e encontraram o local completamente reformado. A Farmácia Vaticana atende de segunda a sábado das 8h30 às 18h, e no sábado das 8h30 às 13h.

Uma escuta mais atenta

O Frei Binish Thomas Mulackal, da Ordem Hospitalar de São João de Deus, explica que geralmente o número de clientes é muito grande, "por isso somos forçados a nos apressar e não poder ouvir os seus questionamentos, além da solicitação do medicamento que precisam". Justamente para prestar um serviço mais próximo e humano, que inclui também a escuta, “trabalhamos para ampliar as instalações da área das vendas, de modo que sejam acolhedoras para todos, e tentamos reduzir pela metade os prazos de entrega de medicamentos para que possamos conversar com essas pessoas, aconselhá-las e entender o que elas precisam", explicou o diretor.

As palavras do Papa Francisco

Muito importantes são os ensinamentos do Papa Francisco que acompanham os farmacêuticos no trabalho diário. “Esta é a farmácia do Papa", prossegue o frade, "e estamos todos a seu serviço. O Papa nos convida sempre a estar atentos às necessidades do nosso próximo, especialmente se ele estiver doente ou com necessidade, e nos sentimos muito próximos a essa missão: dar um remédio no momento certo para que aqueles que sofrem possam ser curados e ouvir aqueles que nos pedem ajuda com um sorriso. Isso significa proximidade ao nosso irmão".

Tempo curto de espera

E justamente para procurar reduzir o tempo de espera, a tecnologia moderna pode ser muito útil. O diretor comenta que tentaram eliminar o máximo possível o tempo de espera através de senhas e também melhoraram o site da Farmácia Vaticana para agilizar o processo: assim que os remédios forem encomendados, “não precisa ligar ou vir aqui para saber se eles chegaram, mas através de um código especial é possível conferir diretamente de casa no site", através do www.vaticanstate.va.

O acesso ao serviço

A Farmácia Vaticana fica na Via della Posta, dentro da Cidade do Vaticano, com acesso da Porta Sant’Anna. Para poder entrar, basta se dirigir ao departamento que dá permissão ao acesso, munido de um documento de identificação (inclusive o passaporte) e da receita médica para o remédio que deve ser adquirido, com indicações da quantidade de embalagens, tipologia e dosagem. A Farmácia Vaticana envia remédios somente para a Itália e daqueles que não são encontrados em comércio no país.

15 setembro 2020, 13:15