Vatican News
Cruz nas proximidades da igreja em Kalinowka, Polônia Cruz nas proximidades da igreja em Kalinowka, Polônia 

Papa está informado sobre abusos na Polônia: culpados devem ser punidos

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé respondeu aos jornalistas após o apelo de um grupo de fiéis poloneses publicado no jornal "La Repubblica". "A Igreja deve fazer todo o possível para que os casos de abusos venham à tona"

Vatican News

Ouça e compartilhe!

"O Santo Padre está informado sobre o apelo e reza por aqueles que o fizeram. Toda a Igreja deve fazer o possível para que seja aplicada a legislação canônica, para que os casos de abusos venham à tona e os culpados por esses crimes graves sejam punidos".

Com essas palavras, o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, respondeu aos jornalistas que o interpelaram, pedindo para comentar o apelo publicado por 635 fiéis poloneses no jornal italiano "La Repubblica" na manhã de segunda-feira, 29 de junho.

"Santo Padre Francisco! Reconstrói a nossa igreja! " é o título do apelo. "Nós te suplicamos! Olhe com atenção para a Igreja na Polônia, onde ocorreram casos de pedofilia, e a lealdade à instituição é cega e surda, mais importante que o bem das vítimas", escreveram os signatários ao Papa.

O grupo de poloneses reclama "da falta de uma reação decisiva da hierarquia eclesiástica" e enfatiza que certos comportamentos afetam a unidade da Igreja", porque nos divide entre os que se preocupam com a imagem da instituição e os que se preocupam com o bem das vítimas".

30 junho 2020, 09:37