Busca

Vatican News
Bandeira do Vaticano a meio-mastro em prédio na Praça Pio XI Bandeira do Vaticano a meio-mastro em prédio na Praça Pio XI  (ANSA)

A Santa Sé em luto pela Itália e pelo mundo

Adesão do Vaticano à iniciativa dos prefeitos italianos de exibir as bandeiras a meio mastro em memória das vítimas do Covid-19. Uma solidariedade que a Santa Sé estende ao resto do planeta, onde há um total de 700.000 casos e 38.000 vítimas.

Alessandro De Carolis - Cidade do Vaticano

Um meio-dia de luto e a bandeira italiana “tricolor” que se abaixa. Os municípios italianos decidiram recordar as vítimas do coronavírus neste dia 31 de março e "honrar o sacrifício e o compromisso dos trabalhadores da saúde", baixando a bandeira a meio mastro. Um gesto que encontra a proximidade da Santa Sé, pronta a fazer o mesmo com a sua bandeira para expressar "proximidade às vítimas da pandemia na Itália e no mundo, às suas famílias e àqueles que generosamente lutam para pôr fim a ela", como anunciou esta manhã a Sala de Imprensa do Vaticano.

A iniciativa foi lançada pela Anci, a Associação que reúne os Municípios italianos, "para idealmente abraçar a todos", um sinal "de apoio uns aos outros, como nós prefeitos sabemos fazer", disse Antonio Decaro, prefeito de Bari e presidente da Anci. A "centelha" foi desencadeada pelo presidente da Província de Bérgamo, Gianfranco Gafforelli, para os prefeitos de seu território, com Decaro, que então decidiu estendê-la a todo o país.

 

31 março 2020, 11:39