Busca

Vatican News
Basílica Superior de São Francisco em Assis Basílica Superior de São Francisco em Assis 

A Economia de Francisco: detalhes à imprensa na terça-feira em Roma

Os detalhes do evento "Economia de Francisco" a ser realizado em Assis de 24 a 28 de fevereiro, serão apresentados em uma coletiva de Imprensa, que foi transferida para a terça-feira, 3 de março, na sede da Associação de Imprensa Estrangeira de Roma.

A coletiva de imprensa para a apresentação dos detalhes do encontro "Economy of Francesco", prevista inicialmente para se realizar na terça-feira, 25 de fevereiro, na sede da Associação de Imprensa Estrangeira de Roma, foi transferida para o dia 3 de março, sempre às 15 horas. Neste encontro com os jornalistas se conhecerá o número de jovens participantes, o programa dos cinco dias, os palestrantes, os 12 espaços temáticos, a visita do Papa Francisco, as modalidades de credenciamento e as informações operacionais para a imprensa.

Na coletiva - a ser coordenada pelo diretor da estrutura de informação do evento, padre Enzo Fortunato – estarão presentes, entre outros, o presidente da comissão organizadora do evento, dom Domenico Sorrentino, o diretor científico Luigino Bruni e alguns jovens protagonistas do encontro em março: Paolo Santori, Federica Nalli e Maria Florencia Locascio.

O evento é organizado pela Diocese de Assis, pelo Instituto Seráfico, pelo Município de Assis e pela Economia de Comunhão, em colaboração com as famílias franciscanas e o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, anunciou o diretor do serviço de informação da ‘Economy of Francesco', padre Enzo Fortunato.

Encontro reúne mais de 2 mil jovens de todo o mundo

 

São mais de 2000 os jovens com menos de 35 anos, provenientes de diversas partes do mundo, que estarão em Assis entre os dias 24 e 28 de março.

56% dos inscritos são homens e 44% mulheres. Entre eles há empreendedores, economistas, estudantes, promotores de atividades a serviço do bem comum e de uma economia sustentável. De Martinica ao Vietnã, da Zâmbia à Austrália, da Alemanha ao Chile, todos impulsionados pelo objetivo comum de construir um mundo mais justo e sustentável, como indicado pelo Papa Francisco na Encíclica Laudato Si'.

Os espaços temáticos

 

Os jovens participarão de mesas-redondas temáticas, organizadas em 12 espaços (vilas ou aldeias, como serão chamados), onde debaterão suas ideias, desafios e propostas para uma nova economia: administração e dom, finanças e humanidade, trabalho e cuidado, energia e pobreza, agricultura e justiça, business e paz, mulheres pela economia, CO2 das desigualdades, lucro e vocação, empresas em transição, vida e estilos de vida, policies e felicidade. As nações com maior número de inscritos são, pela ordem, Itália, Brasil, Estados Unidos, Argentina, Espanha, Portugal, França, México, Alemanha, Grã-Bretanha.

Os jovens

 

Lilly, 12 anos, conhecida como a "Greta da Tailândia". Há algum tempo trava batalhas contra o uso do plástico em seu país, promovendo a coleta de lixo nos canais de Bangkok. "Mal posso esperar para conhecer outros jovens, debater com eles sobre os desafios que afetam nosso futuro - disse a jovem tailandesa - e aprender com eles. Estou muito emocionada com a ideia de conhecer o Papa Francisco. Acredito que ele é capaz de fazer a diferença, compartilhamos o mesmo amor pela natureza e a ideia de que tudo está interligado".

 

Alfredo, 35 anos, português, assistente social, que juntamente com um grupo de amigos criou a cooperativa social "WelcomeHOME", onde os moradores de rua atuam como guias turísticos, mostrando Porto 'com seus próprios olhos'.

«Os homens e mulheres que não têm casa e emprego são apenas um dos tantos problemas do mundo. Para resolver estas questões, precisamos pensar globalmente e agir localmente por meio de experiências compartilhadas e boas práticas. Foi por essa razão que me senti motivado a participar da ‘Economy of Francesco’, a esperança de criar uma comunidade. Mais do que palavras, precisamos trabalhar juntos por soluções concretas, e acho que este evento é uma grande oportunidade para fazer isso».

Ignacio, 32 anos, argentino. Aos 18 anos, trabalhou em um dos bancos mais importantes do país. Ele lembra o sofrimento de ter que rejeitar o pedido de empréstimo de uma viúva: «Não podia suportar que os clientes fossem apenas números. Então descobri o livro de Yunus. A partir daquele momento, dediquei-me a aprofundar os limites dos sistemas financeiros tradicionais e as causas de exclusão na Universidade de Buenos Aires, com a intenção de contribuir para o desenvolvimento econômico e à redução da pobreza. Procuro dar minha contribuição, por menor que seja, contra as desigualdades. Não tenho dúvidas de que a "Economy of Francesco" será uma oportunidade única para o crescimento coletivo para mudar a vida dos mais vulneráveis, dos mais necessitados".

Credenciamento

 

Os jornalistas que desejarem participar da coletiva em Roma devem enviar uma solicitação de credenciamento à salastampa@sanfrancesco.org, indicando o órgão de imprensa de referência e os contatos telefônicos. Maiores informações estão disponíveis nos sites www.francescoeconomy.org e www.sanfrancesco.org.

Para informações e entrevistas, contactar Roberto Pacilio, +39 075.81.90.133; +39 339.54.49.531 - salastampa@sanfrancesco.org.

(Atualização às 08h12 de terça-feira, 25 de fevereiro) 

24 fevereiro 2020, 11:08