Busca

Vatican News
Cardeal  Prosper Stanley Grech e Papa Francisco Cardeal Prosper Stanley Grech e Papa Francisco  (@VaticanMedia)

Falece aos 94 anos o cardeal maltês Prosper Grech, teólogo agostiniano

O cardeal maltês Prosper Grech faleceu nesta segunda-feira (30) no Hospital Santo Espírito in Sassia, de Roma

Amedeo Lomonaco - Cidade do Vaticano

Faleceu nesta segunda-feira (30) aos 94 anos o cardeal Prosper Grech, da Ordem de Santo Agostinho, professor emérito de várias universidades romanas e consultor da Congregação para a Doutrina da Fé. O cardeal nasceu na Ilha de Malta em 1925, e escreveu vários livros e artigos em revistas científicas em italiano e inglês. Com a morte do Cardeal Grech, não eleitor, o colégio cardinalício passa a ser formado por 223 cardeais dos quais 124 eleitores e 99 não eleitores.

Ouça e compartilhe!

Biografia

O cardeal Prosper Grech, nasceu em Birgu (Vittoriosa), na Ilha de Malta dia 24 de dezembro de 1925 e foi batizado com o nome de Stanley, mudando depois para Prosper quando entrou para a Ordem agostiniana.

Foi ordenado sacerdote em 1950 na Basílica de São João de Latrão em Roma. Em 1953 concluiu seus estudos na Pontifícia Universidade Gregoriana. Em 1951 obteve também o diploma em Psicologia da educação em Friburgo, na Suíça.

Fundação do Instituto patrístico Augustinianum

Em 1959 voltou à Ilha de Malta e lecionou por dois anos no Colégio Agostiniano de Teologia e no Colégio Mater Mirabilis. Em 1961 voltou a Roma para completar seus estudos bíblicos. Em seguida foi nomeado secretário do bispo Petrus Canisius Jean van Lierde, vigário geral de Sua Santidade para a Cidade do Vaticano. Em 1965 foi chamado para presidir o Instituto Teológico Agostiniano. Em 1969 junto com o então geral da Ordem, fundou o Instituto Patrístico Augustinianum do qual foi nomeado primeiro presidente em 1971. Foi professor de Hermenêutica no Pontifício Instituto Bíblico e de 1971 a 1989 de Teologia Bíblica na Pontifícia Universidade Lateranense.

Criado cardeal por Bento XVI 

Em 1984 foi nomeado consultor da Congregação para a Doutrina da Fé e em 1998 o então prefeito Joseph Ratzinger enviou-o à Índia como visitador apostólico dos seminários. A sua primeira publicação é de 1964 e é dedicada às ideias fundamentais teológicas do Novo Testamento. Em 8 de fevereiro de 2012 recebeu a consagração episcopal na Concatedral de São João em Malta. Foi nomeado cardeal pelo Papa Bento XVI no Consistório de 18 de fevereiro de 2012. 

31 dezembro 2019, 08:55