Busca

Vatican News

Conselho de Cardeais: continuam trabalhos sobre nova Constituição Apostólica

A atividade do Conselho ateve-se a aprofundar dois aspectos sobre cuja importância o esboço da nova Constituição Apostólica insiste: as relações entre a Cúria e as Conferências Episcopais e a presença dos fiéis leigos, homens e mulheres, nos papeis decisórios nos departamentos da Cúria e nos outros organismos da Igreja, e a estudar as bases teológico-pastorais destes aspectos

Cidade do Vaticano

O Conselho de Cardeais reuniu-se, como previsto, durante três dias: de segunda a quarta-feira (2 a 4/12) – lê-se num comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé. Estiveram presentes os cardeais Pietro Parolin, Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga, Reinhard Marx, Seán Patrick O’Malley, Giuseppe Bertello e Oswald Graciais. Com eles, o secretário do Conselho, dom Marcello Semeraro.

Ouça e compartilhe!

O Santo Padre participou dos trabalhos, com exceção para quarta-feira, 4 de dezembro, durante a audiência geral, e compativelmente com alguns compromissos. A última reunião desta sessão, na tarde desta quarta-feira.

A atividade do Conselho ateve-se a aprofundar dois aspectos sobre cuja importância o esboço da nova Constituição Apostólica insiste: as relações entre a Cúria e as Conferências Episcopais e a presença dos fiéis leigos, homens e mulheres, nos papeis decisórios nos departamentos da Cúria e nos outros organismos da Igreja, e a estudar as bases teológico-pastorais destes aspectos.

 

Ademais, o Conselho recebeu do cardeal Michael Czerny, S.J., uma avaliação dos trabalhos da Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos sobre a Região Pan-Amazônica, e refletiu, também à luz de algumas considerações oferecidas pelo cardeal O’Malley, sobre a elaboração do documento pós-sinodal.

O cardeal Marx ilustrou as modalidades segundo as quais se dará o próximo Caminho sinodal na Alemanha e os temas sobre os quais os trabalhos se debruçarão.

Desde setembro até poucos dias antes do início da sessão, continuaram chegando algumas sugestões sobre o texto da nova Constituição Apostólica, cuja leitura e avaliação prosseguirão na próxima sessão de fevereiro de 2020.

04 dezembro 2019, 18:41