Vatican News

Papa abençoa caminhão dos bombeiros: rezo todos os dias pelos riscos que correm

Antes da Audiência Geral na Praça São Pedro, o Papa Francisco abençoou um novo caminhão do Corpo de Bombeiros do Vaticano a quem dirigiu, inclusive, um encorajamento por uma profissão que, às vezes, coloca em risco a própria vida.

Andressa Collet, Cecilia Seppia - Cidade do Vaticano

Ouça a reportagem e compartilhe

Na praça em frente à Casa Santa Marta, residência oficial do Papa, Francisco encontrou uma delegação do Corpo de Bombeiros do Vaticano, pouco antes da Audiência Geral desta quarta-feira (6). Depois de abençoar um novo caminhão da corporação, o Pontífice dirigiu algumas palavras aos bombeiros, de encorajamento e louvor pelo trabalho a serviço dos outros, sobretudo em ocasiões em que se coloca em risco a própria vida.

O coordenador do Corpo de Bombeiros, o engenheiro Paolo De Angelis, ao contar como foi o encontro com o Papa, comentou que o Pontífice sempre os agradece e os encoraja, em momentos sempre marcados de muita emoção:

“O Papa disse de rezar por nós porque o nosso trabalho é importante e especial, mas deve ser feito com particular segurança, pois sempre há perigos.”

O veículo que recebeu a bênção do Papa foi projetado para exigências específicas do Heliporto do Vaticano, explicou o engenheiro, que pode fornecer água e espuma através de um monitor, controlado por um operador de dentro do caminhão. Um modelo que dá maior garantia de segurança e versatilidade, já que o veículo pode se movimentar enquanto usa os produtos de água e espuma.

O novo caminhão também terá o objetivo de ajudar nas operações do Hospital do Papa, o Hospital Pediátrico Bambino Gesù, de Roma, pois será de uso exclusivo do heliporto, isto é, para a proteção de pousos, decolagens e chegada dos pequenos pacientes, disse o engenheiro, que acrescentou:

“Mas é um veículo polivalente, então, pode ser usado em qualquer outro lugar como aqueles que temos atualmente. Foi projetado para isso; é uma peça única, dessa forma, é específico para as nossas exigências.”

06 novembro 2019, 16:49