Busca

Vatican News

Amazônia em debate: direitos humanos, ecologia, tráfico de seres humanos

Ouça as entrevistas com Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira, padre José Boeing, Ima Célia Guimarães Vieira, Ir. Marlene Betlinski e Ir. Henriqueta Cavalcanti.

Cidade do Vaticano

Diversidade é a palavra que define os membros sinodais. Cardeais, bispos, sacerdotes, religiosos, religiosas, peritos e auditores: os participantes do Sínodo enriquecem os trabalhos a partir de sua bagagem pastoral, cultural e profissional única.

O bispo prelado de Itacoatiara (AM) é Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira, s.d.v., que ressaltou o grito dos povos originários e o grito que provém para aceder à eucaristia:

Dom José de Oliveira

Quem tomou a palavra esta manhã na 3ª Congregação Geral foi o padre José Boeing, s.v.d., Sociedade do Verbo Divino. Da Paróquia de Trairão, São José Operário, o verbita trabalha há 28 anos acompanhando os defensores dos direitos humanos. E foi justamente a este tema que ele dedicou o seu pronunciamento aos membros da plenária:

Padre José Boeing

Ima Célia Guimarães Vieira é uma perita, Membro da Comissão Nacional para o Meio Ambiente:

Ima Célia Guimarães Vieira

Ir. Marlene Fátima Betlinski, s.f.a., das Irmãs Franciscanas Angelinas, participa do Sínodo na qualidade de auditora. Ela trabalha na diocese de Santarém (PA) como responsável da Administração Geral das 37 comunidades rurais da Área Pastoral Santa Clara:

Ir. Marlene Fátima Betlinski

O tema do tráfico de seres humanos já foi mencionado no início deste Sínodo, como relata a Ir. Henriqueta Cavalcanti:

Ir. Henriqueta Cavalcanti
08 outubro 2019, 12:40