Busca

Vatican News
Ir. Mariluce dos Santos Mesquita é salesiana Ir. Mariluce dos Santos Mesquita é salesiana 

Religiosa indígena aos padres sinodais: é preciso pisar no chão da Amazônia

A religiosa salesiana pertence à etnia Barassana e pediu aos padres sinodais que valorizem os vocacionados indígenas.

Cidade do Vaticano

“ Eu compartilhei a minha vocação, a minha vida cristã, que iniciou na família. Meus pais me ensinaram a amar Jesus, conhecer Jesus, sem esquecer a minha espiritualidade indígena. ”

Este foi o depoimento que a Ir. Mariluce dos Santos Mesquita fez aos participantes do Sínodo Amazônico, reunidos na Sala sinodal.

A religiosa salesiana pertence à etnia Barassana e pediu aos padres sinodais que valorizem os vocacionados indígenas:

Ouça a Ir. Mariluce

Como irmã, fui chamada e escolhida por Deus e correspondi para anunciar a Palavra de Deus. Somos evangelizados e vivemos essa interconectividade com a nossa espiritualidade, com a partilha da Bíblia e da Palavra de Deus, nós vivemos e continuamos vivendo essa espiritualidade indígena com celebrações inculturadas. É isso que a Igreja tem que valorizar e o Papa quer saber, quer escutar. Agora falta concretizar e viver na prática. Muitos bispos sinodais não estão acreditando, mas precisa não só viver teoricamente e sim praticar, conhecer, conviver e pisar no chão da Amazônia.

15 outubro 2019, 14:49