Cerca

Vatican News
Registro do fogo na região de Novo Progresso, no Pará, feita em 23 de agosto de 2019 Registro do fogo na região de Novo Progresso, no Pará, feita em 23 de agosto de 2019  (ANSA)

Brasileiros presentes no Angelus: a força das palavras do Papa para ajudar a defender a Amazônia

Um casal de brasileiros de Presidente Prudente, São Paulo, participou do Angelus deste domingo (25), em que o Papa Francisco fez um apelo em defesa da Amazônia: “ele falando, conclama todos para que voltem os olhares para a questão da Amazônia”, disse o teólogo João Celso Russi.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Ouça a reportagem

Como já é de costume, entre os milhares de peregrinos que participam da Oração Mariana do Angelus com o Papa Francisco, estão os brasileiros. Neste domingo (25), dia em que o Pontífice fez um apelo em defesa da Amazônia, que vem sendo ferida com incêndios, estava um casal de Presidente Prudente, São Paulo. 

A advogada Damaris Russi se diz estar preocupada com a questão ecológica e com o futuro das próximas gerações, que incluem os seus netos: “quando ele falou, nós ficamos muito emocionados. Eu ainda falei para o meu esposo: ele vai falar da Amazônia. E ele falou, fez esse apelo.”

O apelo do Papa

O Papa Francisco mostrou a sua preocupação, como tem sido também a de muita gente ao redor do mundo e, sobretudo, dos brasileiros. O Pontífice pediu oração e empenho de todos para que os incêndios na Amazônia “sejam controlados o quanto antes”.

O engenheiro e teólogo, João Celso Russi, falou da força que tem as palavras do Papa num momento como este:

“Ele falando, conclama todos para que voltem os olhares para a questão da Amazônia. O governo brasileiro hoje tem uma opinião, de certa forma, um pouco radical porque acha que o mundo está se preocupando com uma coisa que não é do mundo. Mas, na verdade, é, porque é a natureza, criada por Deus. A questão da Amazônia tem que ser discutida no mundo todo. A gente reza para que todos possam voltar o olhar para essa questão para que tenhamos um futuro melhor para nossos filhos e netos.”

João Celso Russi e a esposa, de Presidente Prudente/SP, depois do Angelus
João Celso Russi e a esposa, de Presidente Prudente/SP, depois do Angelus

 

 

25 agosto 2019, 19:21