Busca

Vatican News

Memória e esperança de fecundidade, pede Papa à Comunidade Novos Horizontes

Em uma mensagem em vídeo pelos 25 anos da comunidade, o Papa exortou os jovens a "nunca perderem a memória" e a serem "fecundos", dando esta sua alegira "como fecundidade aos outros".

Jackson Erpen - Cidade do Vaticano

A Comunidade "Novos Horizontes", presente também no Brasil, completa 25 anos de vida. A data é comemorada neste Domingo de Pentecostes com festa no Palácio do Esporte da cidade italiana de Frosinone. "Foram anos muito difíceis e muito lindos - disse ao Vatican News a fundadora, Chiara Amirante. Ver que o Senhor faz milhares de jovens em todo o mundo voltarem à vida, enche-me de alegria o coração. Eu tinha outros projetos para a minha vida. Mas quando Deus chama, não se pode ir a outro lugar".

E a alegria da comunidade ficou mais completa com a mensagem em vídeo do Papa Francisco:

Ouça e compartilhe!

"Caros jovens,

no seu aniversário eu gostaria de estar presente entre vocês. Os vinte e cinco anos de vida de uma instituição exigem de nós memória e promessa. Recordem-se do bem que Deus fez na instituição e também aquilo que Deus fez em suas vidas.

Nunca devemos perder a memória. Na memória vocês encontrarão Deus: o Deus que te acompanhou, que te fez crescer, que te levou, como diz Deuteronômio, na solidão ... ele te tirou de uma solidão cheia de "bramidos de regiões desoladas", com os cães - e isso é lindo -, e te conduziu até agora.

E depois olhar para o futuro, porque a vida não termina aqui. Nenhum de vocês nasceu para ser "solteirão" ou "solteirona" em um sentido espiritual. Talvez muitos de vocês não se casem, mas devem ser fecundos e dar esta sua alegria como fecundidade aos outros. Memória e esperança de fecundidade.

Tantas coisas bonitas neste aniversário! E que o Senhor abençoe vocês. Rezem por mim que eu tenho necessidade disso. E não percam o senso de humor. Tchau!"

A Comunidade

 

“Novos Horizontes" é uma comunidade internacional presente em muitos países, inclusive no Brasil, mais especificamente no nordeste brasileiro, em Quixadá, sendo formada por missionários e voluntários que dão assistência às crianças de rua, vítimas da violência, e aos dependentes químicos. A fundadora é a leiga italiana Chiara Amirante, que ainda hoje é a responsável pela comunidade, e que revelou ao Vatican News:

Pensei que não conseguiria responder ao grito de ajuda das pessoas da noite. Encontrava tantos jovens em situações dramáticas, histórias incríveis. Mas depois de vinte e cinco anos ver que aquelas mesmas pessoas da noite se tornaram o povo dos “cavaleiros da luz”, graças ao encontro com o Cristo Ressuscitado, isso me comove profundamente. E na festa de Pentecostes renovaremos nosso sim a Cristo, precisamente junto a tantos "cavaleiros da luz" - no mundo são 700 mil - junto aos tantos "pequeninos de alegria" que escolheram consagrar-se ao Senhor na espiritualidade de nossa comunidade”.

O carisma da comunidade é o cuidado pastoral nos contextos onde existem dificuldades sociais, sendo realizadas ações de solidariedade em apoio aos que passam por sérias dificuldades, com especial atenção aos muitos problemas que caracterizam a crianças de rua e o mundo da juventude.

A primeira comunidade de acolhida foi aberta em 1994. Novos Horizontes também trabalha no campo da formação, para responder a uma forma de dificuldade social muito difundida e estratificada, que acaba levando também a uma crise de significado e valores. Propõe caminhos específicos e seu próprio programa de reconstrução integral da pessoa, que une a dimensão psicológica à humana e espiritual.

Em abril de 2016, o Papa Francisco havia enviado uma mensagem a Chiara Amirante,  por ocasião da aprovação dos Estatutos. Em sua breve mensagem, o Santo Padre  “pede ao Senhor Ressuscitado que ajude os membros desta nova Comunidade eclesial para que “transformem seus bons propósitos em obras de caridade concretas”, “vigiem sempre contra aqueles que a fundadora chamava “vírus mortais” da acomodação e da tepidez, para que produzam frutos abundantes e permitam que a luz de Cristo ressuscitado ilumine o mundo”.

 

09 junho 2019, 10:00