Cerca

Vatican News
Crise venezuelana preocupa o Papa e a Santa Sé Crise venezuelana preocupa o Papa e a Santa Sé  (AFP or licensors)

Secretaria de Estado recebe delegação da Venezuela

Diretor interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, confirma que delegação venezuelana foi recebida hoje por membros da Secretaria de Estado do Vaticano.

Cidade do Vaticano

Uma delegação venezuelana foi recebida hoje por membros da Secretaria de Estado do Vaticano: é o que confirma o diretor interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti.

Respondendo a perguntas dos jornalistas, o diretor afirmou:

“Foi reiterada a proximidade do Santo Padre e da Santa Sé ao povo venezuelano, principalmente àqueles que sofrem. Além disso, foi destacada a profunda preocupação para que se encontre com urgência uma solução justa e pacífica para poder superar a crise, no respeito dos direitos humanos e buscando o bem de todos os habitantes do país, evitando um derramamento de sangue.”

Mediação

Nicolás Maduro fez um pedido ao Papa para relançar o diálogo na Venezuela. Após esta solicitação, na quinta-feira passada (07/02) a Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou um comunicado afirmando que “O Santo Padre sempre se reservou e portanto se reserva a possibilidade de verificar a vontade de ambas as partes determinando se existem condições para seguir este caminho”.

No voo de regresso de Abu Dhabi, durante a entrevista coletiva, o Papa falou sobre a crise venezuelana, confessando que ainda não tinha lido a carta enviada pelo presidente venezuelano, mas confirma que é necessário fazer gestos “facilitadores” para uma aproximação. O primeiro passo é o pedido de ambas as partes.

11 fevereiro 2019, 15:19