Vatican News
Padre Alexandre Awi Padre Alexandre Awi 

Padre Alexandre, um ano com o Papa Francisco

Padre Alexandre numa longa conversa com Silvonei José recordou os principais momentos do ano para o Dicastério do qual ele é secretário.

Silvonei José - Cidade do Vaticano

O último programa “Em Romaria” deste ano de 2018 recebeu a visita do secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida o sacerdote Alexandre Awi Mello. Padre Alexandre numa longa conversa com Silvonei José recordou os principais momentos do ano para o Dicastério do qual ele é secretário. Falou ainda sobre o Papa Francisco e os desafios que enfrenta dentro e fora da Igreja. Um olhar também para a próxima Jornada Mundial da Juventude que se realizará neste final de janeiro de 2019, no Panamá.

Ouça o Programa Em Romaria

O Padre Alexandre Awi Mello nasceu no Rio de Janeiro em 17 de janeiro de 1971. É membro do Instituto Secular Padres de Schoenstatt desde 1992. Foi ordenado presbítero no Santuário da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt, no dia 7 de julho de 2001, pelas mãos de Dom Karl Josef Romer.

Depois de um ano, como vigário numa paróquia da cidade de Santa Maria/RS, Brasil, sua comunidade lhe confiou o cuidado pastoral dos jovens nomeando-o assessor da juventude de Schoenstatt no Sul e no Sudeste do Brasil. Nessa tarefa ele se manteve, mesmo depois de 2010 quando foi nomeado para a Direção do Movimento Apostólico de Schoenstatt no Brasil, tarefa que deixou quando foi nomeado para o dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

Uma experiência marcante para o padre Alexandre foi a colaboração com o cardeal Bergoglio – o atual Papa Francisco – durante a V Conferência Geral do Conselho Episcopal Latino-americano e do Caribe em Aparecida, Brasil, (maio de 2007) e o acompanhamento do Papa por ocasião da XXVIII Jornada Mundial da Juventude, em 2013, no Rio de Janeiro.

Sobre o seu contato pessoal com o Papa Francisco, o Padre Alexandre Awi Mello contou repetidas vezes em entrevistas. O amor a Maria, que ambos cultivam intensamente, tornou-se tema que os une, surgindo dele o livro “Ela é minha mãe – Encontros de Papa Francisco com Maria”, editado no Brasil pela Editora Loyola, e traduzido em vários idiomas.

28 dezembro 2018, 15:41