Versão Beta

Cerca

Vatican News
Cardeal Sandri no Líbano em 14 de maio de 2018 Cardeal Sandri no Líbano em 14 de maio de 2018 

Cardeal Sandri no Líbano pelos 50 anos da Roaco

O cardeal Leonardo Sandri, prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, viaja na próxima segunda-feira ao Líbano onde permanecerá até 16 de novembro, por ocasião do 50º aniversário da criação da ROACO. Ele vai encontrar-se com o presidente Aoun e com as realidades caritativas que assistem os refugiados sírios e iraquianos no Líbano.

Cidade do Vaticano

O cardeal Leonardo Sandri, prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, na próxima segunda-feira viaja ao Líbano onde permanecerá até 16 de novembro, por ocasião do 50º aniversário da criação da ROACO. Ele vai encontrar-se com o presidente Aoun e as realidades caritativas que assistem os refugiados sírios e iraquianos no Líbano.

A visita - informa a Congregação para as Igrejas Orientais – realiza-se sob a coordenação da Representação pontifícia em Beirute por ocasião do 50º aniversário de criação da ROACO (Reunião das Obras de Ajuda às Igrejas Orientais) e contará com a participação do prefeito que a preside, do secretário rev. Kuriakose Cherupuzhathottathil, dos representantes das Agências Cnewa (EUA), L’ouevre d'Orient (França), Erzbistum Köln, München Missio, Misereor, Missio Aachen e Päpstliches Missionwerk der Kinder (Alemanha), Caritas, Solidarité Orient (Bélgica) e Fundação João Paulo II (Itália).

Programa da visita

 

No programa da visita, o encontro do purpurado com as realidades caritativas presentes no Líbano, geridas pelas diferentes Igrejas patriarcais e pelas Ordens Religiosas, com particular referência para aqueles que cuidam de refugiados sírios e iraquianos; momentos de encontro e reflexão partilhada com os patriarcas e bispos (em particular a reunião da Apecl - Assembleia da Hierarquia Católica do Líbano, e da Comissão para o Serviço da Caridade), incluindo aquele com os bispos da Síria acompanhados pelo Núncio Apostólico em Damasco, aquele com o Superior Geral das Ordens libanesas e os seminaristas greco-melquitas.

Prevista por fim a audiência concedida pelo presidente da República, Michel Aoun. A todos, o cardinal irá levar a saudação afetuosa cheio de partilha e a bênção do Papa Francisco.

 

10 novembro 2018, 19:09