Versão Beta

Cerca

Vatican News
Os trabalhos do Seminário foram abertos pelo prefeito de Propaganda Fide, Cardeal Fernando Filoni Os trabalhos do Seminário foram abertos pelo prefeito de Propaganda Fide, Cardeal Fernando Filoni 

Seminário de estudo para novos bispos de territórios de missão

Iniciado em 1994, no Vaticano, o Seminário de Estudo propõe-se a oferecer a todos os bispos recentemente nomeados para a condução das circunscrições eclesiásticas dos territórios de missão, um período de tempo, no início de seus encargos, para refletir e rezar juntos, aprofundar a vida e o ministério Episcopal.

Cidade do Vaticano

Foi aberto esta segunda-feira (03/09), com a saudação do prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Cardeal Fernando Filoni, e a concelebração eucarística presidida pelo secretário do dicastério missionário, Dom Protase Rugambwa, o Seminário de Estudo para os bispos de recente nomeação para as circunscrições eclesiásticas dependentes do referido dicastério vaticano.

Seminário prevê audiência com o Papa Francisco

Participam do Seminário, no Pontifício Colégio São Paulo Apóstolo, em Roma, 74 bispos de 34 nações de quatro continentes: 17 nações da África, 8 da Ásia, 6 da Oceania e 3 da América Latina.

Iniciativa nascida em 1994

O Seminário de Estudo, iniciado em 1994, quer oferecer a todos os bispos recentemente nomeados para a condução das circunscrições eclesiásticas dos territórios de missão um período de tempo, no início de seus encargos, para refletir e rezar juntos, aprofundar a vida e o ministério Episcopal com a guia de renomados relatores.

O programa prevê todos os dias a concelebração eucarística com a oração da manhã, no início da jornada, e à noite, a oração das vésperas. Três exposições, seguidas de debate, e os trabalhos divididos por grupos linguísticos cadenciam as jornadas de estudo.

Trabalhos prosseguem até o dia 15 de setembro

Estão previstas para os próximos dias uma concelebração na Basílica de São Pedro e uma audiência com o Papa. No domingo, 9 de agosto, os bispos irão em peregrinação a Assis. Para a segunda-feira, dia 10, está previsto um encontro na Congregação para os Bispos. O Seminário se concluirá no sábado, 15 de setembro.

Pronunciamentos previstos

O programa do Seminário prevê um pronunciamento do secretário de Propaganda Fide, Dom Protase Rugambwa, que apresentará o tema “O Bispo dos territórios de missão e a Congregação para a Evangelização dos Povos”; e do secretário adjunto do Dicastério missionário e presidente das Pontifícias Obras Missionárias (POM), Dom Giovanni Pietro Dal Toso, que ilustrará “estruturas, competências e atividades” das POM.

Alguns cardeais serão conferencistas no Seminário: Lorenzo Baldisseri (Sínodo dos Bispos e comunhão episcopal), Kurt Koch (Diálogo ecumênico e presença das seitas nos territórios de missão), Angelo Amato (Espiritualidade do Bispo), Peter Turkson (Doutrina social da Igreja e evangelização), Marc Ouellet (O Papa e os Bispos: comunhão e missão), Kevin Farrel (Formação das famílias para a participação na missão da Igreja local), Luis Ladaria Ferrer (Exercício do munus docendi), e Beniamino Stella (Paternidade com os presbíteros e formação do clero).

Outros conferencistas

Ademais, também falarão os seguintes arcebispos e bispos: Paul Richard Gallagher (A Santa Sé e as relações com os Estados), Miguel Ángel Ayuso Guixot  (Diálogo inter-religioso nos territórios de missão), Tadeusz Wojda (Anúncio da fé; O serviço administrativo e financeiro), José Rodríguez Carballo (Cuidado para com a vida consagrada), Juan Ignacio Arrieta (O Bispo responsável dos programas pastorais; O Motu proprio Mitis iudex Dominus Jesus), Charles Jude Scicluna (Celibato do clero e eclesiásticos acusados de abuso sexual), Richard Kuuia Baawobr (Os catequistas nos territórios de missão).

Evangelização e meios de comunicação

Estão também previstas exposições de Mons. Bruno Marie Duffé (O serviço da caridade), Mons. Dario Edoardo Viganò (Uso dos meios de comunicação na evangelização), Pe. Joseph Koonamparampil (Faculdades especiais e praxes da Congregação Missionária), Pe. Hans Zollner (Proteção dos menores e dos adultos vulneráveis), Mons. Giampoalo Montini (Administração da justiça), Mons. Guido Marini (A liturgia e a santificação da Igreja), e Mons. Vincenzo Viva (O Bispo e o seminário na nova Ratio)

(Fides)

03 setembro 2018, 14:48