Cerca

Vatican News
Atos de xenofobia na África do Sul Atos de xenofobia na África do Sul  (AFP or licensors)

Xenofobia: a experiência da rejeição do outro

O Vatican News entrevistou o padre moçambicano Cláudio dos Reis, que é o secretário das Conferências Episcopais de nove países da África Austral. Ele comenta os casos de xenofobia na África do Sul.

Cidade do Vaticano

O Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral, o Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos e o Conselho Mundial de Igrejas se uniram para organizar em Roma uma conferência internacional sobre racismo, xenofobia e populismos.

Ontem apartheid, hoje xenofobia

Um dos países que mais sofre com atos xenófobos é a África do Sul.

Por dispor de uma economia mais estável, o país é a meta final de inúmeros migrantes da região. E paradoxalmente, as vítimas do apartheid do passado são hoje responsáveis por praticar atos de xenofobia.

O Vatican News entrevistou o padre moçambicano Cláudio dos Reis, que é o secretário da Imbisa, o órgão que reúne as Conferências Episcopais de nove países da África Austral.

Nesta entrevista, Pe Cláudio faz uma análise do fenômeno na região:

Ouça a entrevista
20 setembro 2018, 11:08