Versão Beta

Cerca

Vatican News
Mulheres vítimas de violência protestam com velas Mulheres vítimas de violência protestam com velas  (ANSA)

Estupro é crime contra a humanidade, diz cardeal Becciu na beatificação de jovem eslovaca

Na homilia da Missa de beatificação de Ana Kolesárová, o novo prefeito da Congregação da Causa dos Santos convida os jovens a olharem para o exemplo desta jovem de 16 anos, que preferiu morrer para preservar sua castidade.

Benedetta Capelli - Cidade do Vaticano

"Não se improvisa heróis ou santos". Na homilia da primeira Missa de beatificação que preside como novo prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, o cardeal Giovanni Angelo Becciu  enfatiza este particular da vida de Ana Kolesárová, jovem eslovaca de 16 anos, morta em 22 de novembro de 1944 por um militar soviético, para defender seu castidade.

"Estava preparada para o martírio – disse o purpurado na celebração - graças à sua vida espiritual intensa, alimentada pela oração diária e os Sacramentos".

Uma nova Santa Maria Goretti

 

"Um modelo de vida para os jovens para que redescubram a beleza autêntica de amor, bem como o valor da pureza", disse Dom Becciu,  que recorda a semelhança entre a vida de Ana e a de Santa Maria Goretti, canonizada pelo Papa Pio XII em 1950, e de tantas outras jovens que fizeram a mesma escolha feita por ela.

 

"O martírio de virgindade - disse o prefeito - continua a testemunhar a força do amor de Deus e para Deus, o amor sempre prevalece sobre o mal do homem."

Estupro, crime contra a humanidade

 

Recordando o martírio de Ana no contexto da II Guerra Mundial, o purpurado destaca as tantas histórias de fé, os muitos gestos fora do comum que mostram como a Europa tenha sido feita por pessoas que acreditavam em valores irrenunciáveis.

"Quantas jovens e mulheres - diz ele - continuam a ser objeto de violência! Mesmo o estupro é considerado uma arma de guerra e  permanece impune, sem ser reconhecido como um crime contra a humanidade. Mas quantas violências ainda são perpetradas contra as mulheres, mesmo em nossa Europa civilizada, onde o feminicídio continua a prosperar e o corpo da mulher é muitas vezes objeto de comércio indigno da pessoa humana! "

Preservar a pureza

 

Olhando para o próximo Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens, o prefeito da Congregação das Causas dos Santos exorta a não nos trair o amor verdadeiro, a saber que vale a pena sacrificar tudo ao Senhor e  convida a valorizar aquilo que é precioso.

"Estamos todos conscientes do quanto é essencial salvaguardar a criação, trabalhar em favor pureza do ar, da água e dos alimentos. É tanto e talvez ainda mais necessário - sublinha o cardeal Becciu - preservar a pureza daquilo que temos de mais precioso: os nossos corações e as nossas relações interpessoais".

01 setembro 2018, 17:33