Versão Beta

Cerca

Vatican News
Beato Nunzio Sulprizio Beato Nunzio Sulprizio 

Consistório para a canonização do Beato Nunzio Sulprizio, leigo

Na quinta-feira, 19 de julho de 2018, às 10 horas, no Salão do Consistório do Palácio Apostólico no Vaticano, o Santo Padre Francisco presidirá a celebração da Hora Terceira e o Consistório Ordinário Público para a Canonização do Beato Nunzio Sulprizio, leigo

Cidade do Vaticano

Foi o Papa João XXIII, em 7 de março de 1963, a promulgar o decreto que aprovava os milagres reconhecidos para a beatificação de Nunzio Sulprizio, mas não pode presidir a cerimônia, pois veio a falecer em 3 de junho.

Foi Paulo VI, em 1º de dezembro, a proclamá-lo Beato, "entre vivíssimas aclamações dos Padres Conciliares e do povo”, como escreveu L'Osservatore Romano.

Naquela ocasião, o Pontífice afirmou: "O jovem Sulprizio é o beato da nossa idade", e convidou todos a "fazerem amizade com este querido Beato e pensar humildemente como devemos aproximar a sua conversa celestial e como podemos seguir também o seu itinerário terrestre".

Sua vida

 

Nunzio nasceu em 13 de abril de 1817 em Pescosansonesco, na Província de Pescara. Após a morte dos pais, foi assumido pela sua avó materna, que também veio a falecer. Com apenas nove anos entrou como aprendiz na oficina do tio Domenico Luciani, ferreiro e marceneiro, sujeitando-se a um trabalho acima de suas forças.

A certa altura, passou a apresentar um problema com a tíbia do pé esquerdo e foi hospitalizado em L'Aquila por três meses. Voltando por mais seis anos na oficina, mudou-se em 1832 para Nápoles, a pedido de um outro tio, Francesco Sulprizio e ali, devido ao interesse de um coronel, Felice Wochinger, que passou a gostar dele como um filho, foi assistido inicialmente no hospital dos incuráveis e mais tarde no Marchio Angioino, transformado em quartel, enquanto a doença avançava implacavelmente, tanto que os médicos pensavam em amputar sua perna. Mas desistiram, devido à extrema fraqueza do jovem, que morreu em 5 de maio de 1836, aos 19 anos.

Preciso em tudo, Nunzio havia estabelecido uma regra de vida fielmente observada, tentando evitar até mesmo os menores defeitos, empenhando-se no trabalho, não obstante o sofrimento que isso lhe custava.

Leão XIII, ao emitir o decreto sobre a heroicidade das virtudes, o propôs como modelo da juventude operária. (Família Cristã)
 

Photogallery

Beatificação de Nunzio Sulprizio por Paulo VI
04 julho 2018, 14:01