Cerca

Vatican News

Museus Vaticanos: patrimônio cultural mundial no livro "Ética e prática de conservação"

Apresentado nos Museus Vaticanos o livro "Etica e pratica della conservazione. Manuale per la conservazione dei beni etnografici e polimaterici". Disponível em italiano, inglês e espanhol, e acompanhado por um rico material fotográfico, a obra é fruto da experiência adquirida ao longo dos anos pelo Laboratório de Restauração dos Museus Vaticanos em contato com o patrimônio mundial do Museu Etnográfico "Anima Mundi”.

Paolo Ondarza – Cidade do Vaticano

Existe toda uma experiência profissional do Laboratório de Restauração dos Museus Vaticanos por detrás do  livro “"Etica e pratica della conservazione. Manuale per la conservazione dei beni etnografici e polimaterici”.

O texto, fruto de experiências e resultados adquiridos nos últimos anos e curado por Stefania Pandozy e Mathilde De Bonis, é acompanhado por um riquíssimo material fotográfico.

O patrimônio do Museu Etnográfico “Anima Mundi”

 

As imagens, com a sua força evocativa, conseguem não somente mostrar a ética existente na prática de conservação dos experts vaticanos, mas revelam também a especificidade de um Museu, o Etnográfico, desejado por Pio XI em 1925 e hoje chamado de “Anima Mundi”, um dos poucos no mundo a conservar testemunhos e peças artísticas pertencentes às tradições culturais, artísticas e espirituais de todos os povos.

Valor social da restauração

 

A estes experts que trabalham na conservação destes achados é exigido não somente um apurado conhecimento dos materiais e das técnicas de restauração, mas também uma formação intercultural e uma ética capaz de aproximar com o devido respeito, culturas e parâmetros estéticos diferentes daqueles ocidentais.

Os restauradores – explica Stefania Pandozy, responsável pelo Laboratório dos Museus Vaticanos -  podem participar da criação de conteúdos e de práticas do valor social, fazendo surgir novas narrativas de Patrimônio, capazes de declinar o conceito de beleza para além dos padrões eurocêntricos e ocidentais e de fazer apreciar o trabalho criativo de toda a humanidade e as suas inumeráveis formas expressivas”.

Em sintonia com o Papa por uma cultura do encontro

 

O Museu Etnográfico - hoje em fase de reestruturação - e o staff do Laboratório de Restauração estão, sob este ponto de vista, em plena sintonia com a “cultura do encontro” tantas vezes desejada pelo Papa Francisco.

Em várias ocasiões, de fato – se pensarmos nas viagens internacionais – o Santo Padre nunca deixou de demonstrar a sua atenção à promoção dos povos nativos, periferias muitas vezes ameaçadas pela cultura do descarte.

Um manual para todos

 

O manual “Ética e prática da conservação” examina 16 materiais. Entre estes, rochas pré-históricas, uma armadura japonesa, um relicário da Polinésia, pinturas chinesas, um cinto wampum e trabalhos em pena da Amazônia.

No texto, também são analisados diversos casos de estudo de alguns entre os mais prestigiados laboratórios de restauração do mundo.

 

Photogallery

Museu Etnográfico e Laboratório de Restaurações
02 março 2018, 13:32