Versão Beta

Cerca

VaticanNews

Vaticano: na conclusão do Hackathon, premiados app solidários

Entre os projetos apresentados no primeiro Hackathon no Vaticano, aplicativos para coordenar o voluntariado, ajudar os migrantes a contactar sus asfamílias e a compartilhar a solidariedade.

Cidade do Vaticano

Ao final da oração do Angelus deste domingo, 11 de março, o Papa Francisco dirigiu uma saudação aos jovens universitários que participaram do evento “Vatican Hackathon”, concluído no domingo.

“É belo – disse Francisco aos jovens – colocar a inteligência a serviço da verdade e dos mais necessitados”.

Os estudantes premiados neste que foi o primeiro Hackathon, eram provenientes da Universidade de Calgary, no Canadá, e da Georgetown University, de Washington DC.

As premiações eram destinadas a três âmbitos: inclusão social, diálogo inter-religioso e migrantes e refugiados.

Entre as propostas apresentadas, um aplicativo que ajuda os médicos a conhecer o quadro diagnóstico dos refugiados por meio de um database compartilhado, um aplicativo para colocar em rede os eventos ligados ao voluntariado e uma viagem virtual entre as religiões do mundo.

Um sucesso que esperamos repetir anualmente

 

“Espero que este seja somente o primeiro dos Hackathon realizados pelo Vaticano e que possa haver um a cada ano”, comentou Mons, Lucio Adrian Ruiz, secretário da Secretaria para a Comunicação, que reiterou que “agora tem início o desafio para os vencedores, ou seja, transformar os projetos em realidade”.

Mons. Lucio Ruiz

A iniciativa foi promovida pelo dicastério para a Comunicação e esta foi a primeira edição.

I edição do Hackathon no Vaticano

 

12 março 2018, 12:06