Versão Beta

Cerca

Vatican News
pope-francis-1507811532511 Basílica Santa Maria Maior é uma das quatro Basílicas Papais de Roma  (ANSA)

Reis da Espanha irão inaugurar iluminação da Basílica de Santa Maria Maior

A Basílica foi construída por desejo do Papa Sisto III (432-440), que a dedicou ao culto a Nossa Senhora, cuja divina maternidade havia sido recém reconhecida pelo Concílio de Éfeso, em 431.

Cidade do Vaticano

Na sexta-feira, 19 de janeiro de 2018, às 17 horas, o Rei Juan Carlos I e a Rainha Sofia irão inaugurar a nova iluminação da Basílica Papal de Santa Maria Maior.

O novo sistema adotará a iluminação led, por conjugar uma tecnologia avançada com o respeito pelo meio-ambiente, permitindo assim uma economia energética de 80%.

Em 19 de abril de 2017 havia sido assinado um acordo de cooperação para o desenvolvimento conjunto do projeto de iluminação da Basílica, entre o Arcipreste da Basílica, Cardeal Stanisław Ryłko, o Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano e a “Fundación Endesa”, no âmbito de um programa de iluminação artística voltada a valorizar e preservar o patrimônio cultural e artístico.

Os trabalhos foram iniciados em junho sob a direção dos Serviços Técnicos do Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano.

Os jornalistas interessados em participar da cerimônia devem enviar pedido de credenciamento “Temporaneo” por meio do módulo disponível online na seção “credenciamentos” do site da Sala de Imprensa da Santa Sé:  press.vatican.va/accreditamenti.

Quem já dispõe do credenciamento ordinário deve enviar um pedido de participação, ao e-mail accreditamenti@salastampa.va.

Todos os pedidos deverão chegar até 24 horas antes do evento.

Iluminação da Basílica de Santa Maria Maior

 

 

 

12 janeiro 2018, 15:18