Busca

Vatican News
Socorredores no local do acidente Socorredores no local do acidente  (AFP or licensors)

A dor do Papa pelas vítimas de um grave acidente na Bulgária

O Papa Francisco enviou através do cardeal Parolin uma mensagem de solidariedade e oração ao presidente da Macedônia do Norte, país das 46 vítimas do incêndio de um ônibus que saiu da estrada ao regressar de uma viagem turística a Istambul.

Vatican News

Uma colisão durante a noite, a proteção da estrada que se rompe, o ônibus que se transforma numa armadilha de fogo para 46 passageiros que estavam dormindo. Apenas sete deles - três homens, três mulheres e um rapaz - conseguiram quebrar as janelas e salvar-se, mas nunca esquecerão a cena que em poucos minutos transformou a viagem de um dia a Istambul numa tragédia, a pior nas estradas europeias dos últimos anos.

Ouça e compartilhe

A solidariedade do Papa

O Papa também ficou profundamente entristecido com a notícia, especialmente com a morte de 12 crianças, e enviou um telegrama, assinado pelo secretário de Estado Pietro Parolin, de "sincera solidariedade", de oração pelas vítimas e de proximidade aos sobreviventes. A mensagem foi enviada ao presidente da Macedônia do Norte, a nação à qual pertenciam as vítimas.

Dinâmica e investigação

O acidente ocorreu na Bulgária, perto da aldeia de Bosnek. O ônibus da empresa Beta Trans incendiou-se depois de sair da estrada. Enquanto a Macedônia declarou três dias de luto nacional e bandeiras hasteadas a meio mastro, a Bulgária também declarou um dia de luto. As autoridades búlgaras abriram uma investigação para esclarecer as causas do acidente,  problema mecânico ou erro humano, e que atingiu famílias inteiras. Será realizada uma investigação para determinar se a viagem foi realizada de acordo com as medidas de segurança, também com base no testemunho dos sobreviventes.

24 novembro 2021, 13:52