Busca

Vatican News
Mianmar Mianmar 

Papa recorda a iniciativa: "Uma Ave Maria por dia para Mianmar”

No final da recitação do Regina Coeli o Papa Francisco falou sobre a "maratona" de oração que se realiza neste mês de maio. E recordou uma “iniciativa que lhe é muito cara” proveniente da Igreja em Mianmar, ouseja, uma Ave Maria por dia dedicada à Mianmar. Também recordou da beatificação do médico venezuelano José Gregorio, a Páscoa ortodoxa e a tragédia de Israel

Jane Nogara – Vatican News

Depois da oração do Regina Coeli, o Papa Francisco saudou os presentes e recordou que ontem iniciou a “maratona” de oração para o mês de maio pelo fim da pandemia. Na ocasião o Santo Padre falou de uma “iniciativa que lhe é muito cara” proveniente da Igreja em Mianmar.

Ouça e compartilhe!

Entramos no mês de maio, no qual a piedade popular expressa de muitas maneiras a devoção à Virgem Maria. Este ano será marcado por uma maratona de orações através de importantes santuários marianos para implorar o fim da pandemia. A noite passada foi realizada a primeira etapa na Basílica de São Pedro. Neste contexto, há uma iniciativa que me é muito cara: a da Igreja birmanesa, que nos convida a rezar pela paz, reservando diariamente uma Ave Maria do Rosário para Mianmar. Cada um de nós se volta para nossa Mãe quando estamos em necessidade ou dificuldade; nós, neste mês, pedimos a nossa Mãe do Céu para falar ao coração de todos os líderes de Mianmar para que eles encontrem a coragem de trilhar o caminho do encontro, da reconciliação e da paz”.

Beato José Gregorio

Outras saudações do Papa se referiam à beatificação na última sexta-feira em Caracas, Venezuela, de José Gregorio Hernández Cisneros, um fiel leigo beatificado:

Ele era um médico cheio de conhecimento e fé – afirmou o Papa - era capaz de reconhecer nos doentes o rosto de Cristo e, como o Bom Samaritano, ele os ajudou com a caridade evangélica. Que seu exemplo nos ajude a cuidar daqueles que sofrem no corpo e no espírito. Aplaudamos o novo Beato ...

Páscoa Ortodoxa

Francisco também parabenizou os irmãos ortodoxos pela Páscoa que é celebrada neste domingo:

Envio meus melhores votos aos nossos irmãos e irmãs das Igrejas Ortodoxas e das Igrejas Católicas Orientais e Latinas que hoje, segundo o calendário juliano, celebram a Solenidade da Páscoa. Que o Senhor Ressuscitado os encha de luz e paz e conforte as comunidades que vivem em situações particularmente difíceis. Feliz Páscoa!"

Israel

Por fim o Papa manifestou sua tristeza pela tragédia ocorrida em Israel na sexta-feira (30/04):

Com tristeza expresso minha proximidade ao povo de Israel pela tragédia ocorrido na última sexta-feira no Monte Meron, causando a morte de 45 pessoas e numerosos feridos. Eu lhes asseguro minha lembrança em oração pelas vítimas desta tragédia e por suas famílias”.

02 maio 2021, 12:53