Vatican News
Confrontos em Jerusalém Confrontos em Jerusalém  (AFP or licensors)

O apelo do Papa por Jerusalém e o pensamento à Colômbia

O Papa Francisco expressou palavras de particular preocupação com a escalada de tensão na Cidade Santa, da qual recordou a identidade multi-religiosa e multicultural. Ele o fez, assegurando sua oração para que Jerusalém seja "um lugar de encontro e não de confronto" e pedindo por "soluções compartilhadas". Em seguida, voltou seus pensamentos para a Colômbia, onde se registram violências.

Silvonei José – Vatican News

"Acompanho com particular preocupação os acontecimentos que estão ocorrendo em Jerusalém": com estas palavras, após a recitação do Regina Caeli o Papa Francisco chamou a atenção para a Cidade Santa rezando para "que ela possa ser lugar de encontro e não de confrontos violentos; um lugar de oração e de paz".

Ouça e compartilhe

O apelo por soluções compartilhadas

"Convido a todos a buscarem soluções compartilhadas, para que a identidade multi-religiosa e multicultural da Cidade Santa seja respeitada e possa prevalecer a fraternidade", disse Francisco, reiterando que "a violência só gera violência" e afirmando: "chega de confrontos".

Pensamento à Colômbia

O Papa Francisco também dirigiu o seu pensamento para a Colômbia: "Também quero expressar a minha preocupação com as tensões e conflitos violentos na Colômbia que causaram mortes e feridos. Há muitos colombianos aqui, rezemos por sua pátria".

Após outras referências a eventos atuais no momento após a recitação do Regina Caeli, o desejo a todos de um bom domingo, com o habitual convite para rezar pelo Papa.

09 maio 2021, 13:27