Busca

Vatican News
A renúncia e a transferência foram divulgadas pela Sala de Imprensa da Santa Sé A renúncia e a transferência foram divulgadas pela Sala de Imprensa da Santa Sé  (Vatican Media)

Nomeação do Papa: diocese de Piracicaba, em São Paulo, tem novo bispo

Nesta quarta-feira (11), Francisco aceitou a renúncia da diocese de Piracicaba/SP, apresentada por dom Fernando Mason, nomeando dom Devair Araújo da Fonseca como novo bispo do governo pastoral local.

Andressa Collet - Vatican News

O Papa Francisco aceitou a renúncia ao governo pastoral da diocese de Piracicaba, no interior de São Paulo, apresentada por dom Fernando Mason. Nesta quarta-feira (11), o Pontífice também nomeou o novo bispo para a diocese, dom Devair Araújo da Fonseca, transferindo-o da sede episcopal titular de Uzali e de auxiliar da Arquidiocese de São Paulo para a Região Episcopal Brasilândia.

A biografia de Devair Araújo da Fonseca

Dom Devair Araújo da Fonseca nasceu em 1º de fevereiro de 1968 em Franca, em São Paulo. Estudou Filosofia no Instituto Agostiniano de Filosofia, em Franca (1992-1994), e Teologia no Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto (CEARP), filiado à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção (1995-1998). Em seguida, fez mestrado em Teologia Dogmática na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma (2000-2002). Ele também fez o curso de Especialização para Formadores nos Seminários na Faculdade Dehoniana de Taubaté, São Paulo. (2007-2008).

Em 20 de dezembro de 1998 foi ordenado sacerdote incardinado na diocese de Franca, onde ocupou os seguintes cargos: capelão do Carmelo de Santa Teresa e Beata Miriam, em Franca; vigário paroquial nas Paróquias de São Benedito, do Menino Jesus e de Santana, em Franca; pároco da Paróquia São Crispim, em Franca, e de São José, em Orlândia; vice-reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Carmo, em Jaboticabal; reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Patrocínio de Franca; vigário Forâneo da Forania Santa Gianna; coordenador diocesano de Pastoral; assessor eclesiástico da Escola de Teologia São João Batista, da Escola Diaconal Santo Efrém e do Boletim Diocesano.

Além disso, como docente, foi professor do Instituto de Filosofia e Teologia Nossa Senhora do Carmo da diocese de Jaboticabal, do Instituto de Teologia João XXIII de Franca e do Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto (CEARP); como também, secretário e depois presidente da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil no Estado de São Paulo (OSIB Sul 1) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Em 10 de dezembro de 2014, então, foi nomeado bispo titular de Uzali e auxiliar de São Paulo, e recebeu a ordenação episcopal em 1º de fevereiro de 2015. Na Arquidiocese Metropolitana de São Paulo, foi vigário episcopal para a Região Episcopal Brasilândia.

11 novembro 2020, 12:00