Busca

Vatican News
Papa Francisco recebe Barham Saleh presidente do Iraque Papa Francisco recebe Barham Saleh presidente do Iraque  (Vatican Media)

O Papa Francisco recebe em audiência o presidente do Iraque, Barham Salih

Um comunicado da Sala de Imprensa vaticana informa que o Papa Francisco se encontrou na manhã deste sábado com o presidente do Iraque, Barham Salih. Entre os temas discutidos posteriormente também com o secretário de Estado Pietro Parolin, os "desafios atuais do país" e a importância de percorrer "o caminho do diálogo". Enfatizada, além disso, a necessidade de preservar a presença dos cristãos no Iraque.

Silvonei José - Cidade do Vaticano

Ouça a reportagem

A Sala de Imprensa vaticana emitiu um comunicado sobre o encontro que teve lugar na manhã deste sábado no Vaticano, entre o Papa Francisco e Barham Salih, presidente do Iraque. Este é o texto integral da nota:

Hoje, 25 de janeiro, o Santo Padre Francisco recebeu em audiência Sua Excelência o Sr. Barham Salih, presidente da República do Iraque, que posteriormente se encontrou com Em.mo Card. Pietro Parolin, secretário de Estado, acompanhado por S. Exa. dom Paul Richard Gallagher, secretário para as Relações com os Estados. Durante as cordiais conversações, foram evocadas as boas relações bilaterais e evidenciados os desafios atuais do país, a importância de promover a estabilidade e o processo de reconstrução, incentivando o caminho do diálogo e a busca de soluções adequadas em favor dos cidadãos e no respeito pela soberania nacional.

No prosseguimento dos colóquios foi destacada a importância de preservar a presença histórica dos cristãos no país, do qual são parte integrante, e a significativa contribuição que dão à reconstrução do tecido social, destacando a necessidade de lhes garantir segurança e um lugar no futuro do Iraque. Por fim, um olhar sobre os vários conflitos e as graves crises humanitárias que afligem a Região, sublinhando a importância dos esforços feitos com o apoio da comunidade internacional para restabelecer a confiança e a convivência pacífica.

 

25 janeiro 2020, 12:39