Busca

Vatican News

Burkina Faso: a preocupação de Francisco com a violência

O Papa Francisco invocou o espírito do Documento de Abu Dhabi sobre a Fraternidade Humana para promover o diálogo inter-religioso e a concórdia no país.

Cidade do Vaticano

Ao final da catequese, o Pontífice fez um apelo em prol de Burkina Fasso, que vive momentos de turbulência. Recentemente, um atentado matou quase 100 pessoas.

“Confio ao Senhor todas as vítimas, os feridos, os inúmeros deslocados e os que sofrem por esses dramas. Faço um apelo para que não falte a proteção aos mais vulneráveis; e encorajo as autoridades civis e religiosas e os que são animados pela boa vontade a multiplicar os esforços, no espírito do Documento de Abu Dhabi sobre a Fraternidade Humana, para promover o diálogo inter-religioso e a concórdia.”

O norte do Burkina Faso tem sido afetado, desde há quase cinco anos, pela violência jihadista proveniente do vizinho Mali, que provocou a morte de cerca de 700 pessoas.

Ouça o apelo do Papa Francisco
13 novembro 2019, 11:02